FRAUDE com todas as letras!

Fórum da raça

Moderador: Filipe Graciosa

Mensagem
Autor
PNR
Mensagens: 3
Registado: sexta abr 04, 2008 1:31 am
Localização: Porto

#31 Mensagem por PNR » sexta abr 04, 2008 1:38 am

Segundo ouvi dizer o Dr. Domingos Graciosa reforçou a sua Quadra de caça, agora ainda mais de peso, com o Dr. Henrique Abecassis entre outros.

O Dr. Domingos não quer coelhos, ele quer é as raposas que estão bem enfiadas nas tocas...

João Valenças
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 81
Registado: sexta fev 02, 2007 12:33 pm

#32 Mensagem por João Valenças » sexta abr 18, 2008 11:39 pm

Já viram a última circular da APSL?

Circular_APSL_258.pdf

Avatar do Utilizador
Wasserluft
Monitor de Equitação
Mensagens: 253
Registado: sábado jun 03, 2006 3:48 am
Localização: Corroios - Coudelaria José Nunes Robalo - Quinta da Matinha

#33 Mensagem por Wasserluft » segunda abr 21, 2008 5:02 pm

Pois ....
lá está ....
Afinal temos para ai uma data de cruzados a passar por PSL com livrinho azul e tudo .
O cavalo Jupiter foi suspenso do livro assim como toda a sua descendência .
Era relevante saber quem foi o Juri que esteve na pontuação deste cavalo . Quem foram os Jurados da Prova de Garanhões que pontuou o jupiter ????
"The Horse´s reward to be able to communicate with the predator and cause him not to be predatory" Monty Roberts
"Pedir constantemente ,contentar-se com pouco,Recompensar muito. " Beaudant

João Valenças
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 81
Registado: sexta fev 02, 2007 12:33 pm

#34 Mensagem por João Valenças » segunda abr 21, 2008 8:13 pm

Olá,

Infelizmente o site www.savefile.com não é grande coisa para se guardar ficheiros como é suposto, ao fim de umas horas dava erro.

Mas não faz mal porque o saite cavalonet já colocou uma notícia com a cirucular:

Notícia APSL suspende Jupiter e descendência do Stud Book Lusitano

Circular_APSL_258.pdf

Ricardo
Iniciado
Mensagens: 14
Registado: quarta abr 09, 2008 6:14 pm
Localização: Portugal

#35 Mensagem por Ricardo » terça jul 08, 2008 4:07 pm

FRAUDE
Cavalo Júpiter foi para o Ministério Público


Proprietário de falso puro sangue lusitano arrisca ser julgado pelo crime de burla e falsificação de documentos

A fraude na filiação do cavalo lusitano Júpiter, propriedade de um dirigente da Associação dos Criadores do Puro Sangue Lusitano (APSL), não só é confirmada pelos resultados da investigação da Inspecção-Geral da Agricultura e Pescas como revela alguns contornos rocambolescos. O caso foi encaminhado para o Ministério Público, segundo despacho do ministro da Agricultura, Jaime Silva, datado de 27 de Junho, de forma a ser alvo de instrução criminal e aponta para fortes probabilidades de troca de amostra sanguínea, realizada com o intuito de manter o cavalo Júpiter inscrito no Livro Genealógico da Raça Lusitana, reservado aos reprodutores de máxima qualidade.

Segundo as conclusões do relatório entregue à tutela, às quais o Expresso teve acesso, as investigações da IGAP foram dificultadas pelo desconhecimento do paradeiro dos cavalos Júpiter e Tornado (este segundo cavalo será “com fortes probabilidades” o dono do ADN registado em nome de Júpiter), alegadamente mortos em 2007, em Espanha. A história entra no campo da incongruência e dos ‘brancos’ administrativos quando se percebe que Tornado é dado como morto pelos proprietários em Janeiro/Fevereiro de 2007, em Espanha, numa deslocação não referenciada no Registo Nacional de Equinos (RNE). A IGAP relata que só em Fevereiro de 2007 essa saída do país é comunicada ao RNE e, já em Março, são-lhe enviados documentos do cavalo morto, de forma a legalizar a viagem.

A vida de Júpiter é toda ela pouco jupiteriana. Depois de ter sido recusado como garanhão em primeiras provas, é finalmente reconhecido como reprodutor em 2000, “sem que a APSL lhe tenha exigido uma amostra sanguínea, conforme estabelecido pela circular interna 136/1998”, escreve a IGAP. À altura, a APSL era dirigida por Pedro Ferraz da Costa.

Depois de vários e sucessivos pedidos do RNE para que lhe fosse entregue a habitual amostra de sangue de Júpiter, esta só chega em 2005, momento em que a Sociedade das Silveiras era proprietária tanto de Júpiter como de Tornado. A recolha é feita por veterinário credenciado e entregue através da Luso Pecus. Alertando para a fragilidade dos procedimentos de controlo na recolha de sangue dos reprodutores, o IGAP sublinha não ter encontrado evidências de intervenção de funcionários do Ministério no caso, mas acentua as deficiências de natureza administrativa do RNE. Por outro lado, recomenda a realização de exames genéticos posteriores aos meios-irmãos de Tornado e aos alegados filhos de Júpiter.



Selecção de juízes com novas regras

Esta classificação ficcional de Júpiter como garanhão puro lusitano é um caso isolado na perspectiva de Vítor Barros, à frente da Fundação Alter Real, a máxima autoridade equina nacional. Foi ele quem requereu a investigação do caso e agora, conhecidos os resultados, promete “rigor e intransigência no cumprimento da legislação e nas recomendações enunciadas no relatório”.

Nas recomendações finais é referido explicitamente “o estabelecimento de critérios objectivos na selecção dos juízes e na avaliação da raça”. A recomendação não pode ser mais clara: “A ausência de critérios objectivos na selecção dos juízes não permite salvaguardar o princípio da transparência que deve nortear a gestão deste património genético animal de elevado interesse nacional”. Alter Real e APSL poderão fazer de Júpiter um exemplo punitivo e um tornado capaz de apertar as malhas normativas da criação do puro sangue.

Joana Leitão de Barros
http://pesquisa.impresa.pt/search?q=cac ... 3DES295986

Não é um caso isolado, quando é que investigam os restantes?

Espora de pontas
Iniciado
Mensagens: 13
Registado: quarta set 24, 2008 7:19 am

#36 Mensagem por Espora de pontas » quinta set 25, 2008 6:15 am

Nos ultimos tempos não se tem ouvido falar deste assunto gostaria de saber em que ponto é que e encontra o processo.

ABC
Sela 04 (estribo de bronze)
Mensagens: 50
Registado: quarta set 17, 2008 9:47 am

#37 Mensagem por ABC » quinta set 25, 2008 10:27 am

Segundo artigo publicado pela jornalista Joana Leitão de Barros, o assunto encontra-se no Ministério Público.

Há que aguardar!

Espora de pontas
Iniciado
Mensagens: 13
Registado: quarta set 24, 2008 7:19 am

Re: FRAUDE com todas as letras!

#38 Mensagem por Espora de pontas » quarta fev 18, 2009 11:55 am

Bom dia caros colegas, não sei se já têm conhecimento da circular 269 da APSL, merece apenas dois comentários.
Mais vale tarde que nunca, pena é que tenha que ter sido a FAR a impor estas medidas e não tenha sido a APSL a promover este tipo de medidas desde sempre.
No segundo parágrafo é dito que "por acordo entre", alguém acredita que a APSL tenha alguma capacidade negocial, junto da FAR, como é óbvio ou eram aceites estas medidas ou a APSL podia dizer adeus ao Livro que sustenta a sua existência.

FLITS
Iniciado
Mensagens: 16
Registado: sábado dez 13, 2008 10:02 am

Re: FRAUDE com todas as letras!

#39 Mensagem por FLITS » quarta fev 18, 2009 8:24 pm

Fraude, sim pode ser certo, mas foi a Sociedade das Silveiras a primeira!? Será que é a ultima?

Espora de pontas
Iniciado
Mensagens: 13
Registado: quarta set 24, 2008 7:19 am

Re: FRAUDE com todas as letras!

#40 Mensagem por Espora de pontas » quarta jul 29, 2009 12:11 pm

Caros colegas forenses, depois de tanto tempo passado gostaria de saber, o que mais foi apurado neste caso e quais foram as penalizações aplicadas aos aldrabões. Falou-se tanto de outros cavalos o que se sabe disto.
Como estão os processos? O que aconteceu aos filhos destes cavalos ? Provavelmente os enganados têm direito a uma indemnização!!!
Numa Altura em que a APSL quer apresentar processos disciplinares a alguns sócios gostaria de saber se já fez o mesmo aqueles que estão envolvidos nestes processos.

Responder

Voltar para “Puro Sangue Lusitano”