Uma Raça três Stud Book's

Fórum da raça

Moderador: Filipe Graciosa

Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
Wasserluft
Monitor de Equitação
Mensagens: 253
Registado: sábado jun 03, 2006 3:48 am
Localização: Corroios - Coudelaria José Nunes Robalo - Quinta da Matinha

Re: Uma Raça três Stud Book's

#16 Mensagem por Wasserluft » quinta abr 16, 2009 5:41 pm

Ansioso para ver a Entrevista ....
Ainda é cedo para Tecer comentários mas mais uma reforço a minha opinião que a coudelaria Monte Velho têm feito um trabalho exemplar ...
"The Horse´s reward to be able to communicate with the predator and cause him not to be predatory" Monty Roberts
"Pedir constantemente ,contentar-se com pouco,Recompensar muito. " Beaudant

DCP
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 102
Registado: quinta out 11, 2007 1:31 am

Re: Uma Raça dois stud book's

#17 Mensagem por DCP » quinta abr 30, 2009 9:49 am

2009-04-30Jornal_de_noticias_capa.jpg
2009-04-30Jornal_de_noticias_capa.jpg (218.45 KiB) Visto 4431 vezes
Brasil reclama rédeas do puro sangue lusitano - Jornal de Notícias 2009-04-29
2009-04-30Jornal_de_noticias_pag30.jpg
2009-04-30Jornal_de_noticias_pag30.jpg (258.41 KiB) Visto 4440 vezes
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Socieda ... id=1215192

Governo nega descontrolo - Jornal de Notícias 2009-04-29
2009-04-30Jornal_de_noticias_pag31-1.jpg
2009-04-30Jornal_de_noticias_pag31-1.jpg (88.65 KiB) Visto 4423 vezes
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Socieda ... id=1215187

"Pode haver uma adulteração da raça - Jornal de Notícias 2009-04-29
2009-04-30Jornal_de_noticias_pag31-2.jpg
2009-04-30Jornal_de_noticias_pag31-2.jpg (93.75 KiB) Visto 4429 vezes
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Socieda ... id=1215196

PSL
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 75
Registado: segunda abr 07, 2008 5:23 pm

Re: Uma Raça dois stud book's

#18 Mensagem por PSL » quinta abr 30, 2009 11:36 pm

Depois de ler o desmentido do Presidente da APSL, na edição on-line da revista equitação, onde afirma categoricamente que existem dois Regulamentos distintos para a mesma raça (provavelmente o apelidado stud book mundial, será uma agregação informal de vários stud book’s???), mas que, em termos informais, os brasileiros estão a seguir o português, ou seja, estão em incumprimento com o seu próprio regulamento, o que em si encerra uma gravidade que seguramente criará algum embaraço entre a ABPSL e as Autoridades brasileiras.

Daqui surge outra questão básica e lógica, que é, se estão a seguir o Regulamento português, qual é a necessidade de ter um Regulamento diferente do português? A resposta só pode recair para o campo da realidade conveniente. Possivelmente será argumentado que o actual Regulamento brasileiro é uma herança do passado, quando a Associação brasileira agregava o Andaluz e o Lusitano. Contudo, herdar um Regulamento diferente do português e justificar a sua implementação, com base no imobilismo de uma herança, parece-me um argumento muito pobre para quem tem um histórico de incumprimento com o Regulamento acordado com o seu próprio país (conforme acabou de revelar o Presidente da APSL). Quem não cumpre o seu próprio Regulamento, que credibilidade sustém, que garanta continuidade no cumprimento informal do regulamento português? Que garantias podem oferecer Instituições que avaliam o trabalho de congéneres com base em informalidades e violações de formalidades? Como dizia Mário Viegas “BASTA”… neste caso de tanta informalidade conveniente!

Senhor Presidente, faça um grande favor a si e à raça e trate de publicar, o quanto antes, o teor de um protocolo (assinado entre a APSL e a ABPSL), que os associados e público em geral desconhecem, para que sejam os próprios a avalizar o grau de incumprimento da ABPSL. Que Direito tem a APSL de assumir um papel paternalista, quando as evidências a relegam para o campo da paternidade negligente.

Afinal responda em concreto… quantos stud book’s existem legalizados por normativo do Estado dos respectivos países? Será o do Brasil, o dos EUA (onde a transferência de embriões é permitida – no seu stud book-, confirmando-se com esta permissão a grande discrepância com o regulamento português, onde a transferência de embriões ainda nem sequer foi aprovada), o da França, e quantos mais? Todas estas realidades referenciadas estão documentadas por diplomas legais dos respectivos países, que apenas podem ser desmentidos por calúnia, uma vez que não existem evidências que os desmintam.

Recorrendo à calúnia criticam-se, como verifiquei em alguns dos comentários ao desmentido, o Dr. Domingos Graciosa, que já foi apelidado de bêbado, esquizofrénico, incendiário, doido e tantas outras mais calúnias que muito provavelmente grande parte dos leitores já ouviu. O mesmo tipo de falso moralismo que acabou com a excelente administração Clinton, baseada em códigos de conduta moralista que derramam hipocrisia. Os críticos mais exacerbados são, muito provavelmente, o conjunto de visados que vão sendo agrupados e preparados, para enfrentar a barra dos tribunais. As mentes pobres, convencidas por estas mentes “brilhantes”, vão renegando as evidências, com salva de palmas de vassalagem ao poder.

Meus amigos, experimentem fazer oposição ao poder instituído, e verifiquem a quantidade de calúnias que vão recair, perante cada evidência que destronar uma falsa verdade. Verifiquem igualmente o terror associado à transparência, quando os assuntos fugirem ao círculo da “cosa nostra” (em bom português – coisa nossa).

O stud book, efectivamente não é um só, existem evidências (legislação) emitidas com a chancela dos respectivos países que desmentem esta afirmação.

Quanto ao cumprimento do protocolo… acham que uma Associação que deixou de inscrever animais no stud book português e consequentemente deixou de pagar os respectivos emolumentos estará a cumprir este protocolo???

Sr. Presidente, o tempo da boa vontade, em que os portugueses vendiam a galinha e deixavam de ter ovos para vender, como aconteceu com o vinho do Porto e o volfrâmio (ambos os produtos tão bem explorados pelos ingleses), espero que sejam tempos idos.

Como exemplo temos de colher o dos povos árabes que não vendem as suas galinhas (poços de petróleo).

Por favor, abra bem os olhos e defenda intransigentemente esta galinha (a raça lusitana) de toda e qualquer tentativa independentista disfarçada. Promova a união Lusa sustentada em argumentos credíveis - o tempo dos pacóvios já terminou há muito!

Avatar do Utilizador
areffoios
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 90
Registado: domingo jan 02, 2005 11:12 pm

Re: Uma Raça três Stud Book's

#19 Mensagem por areffoios » terça mai 05, 2009 12:07 pm

Estamos na presença de uma situação ridicula e lamentável. Mas é evidente que custa assumir a verdade dos factos e a realidade que se vive.

É interessante ver no site na ABPSL a forma como se proclamam como salvadores do PSL na altura do 25 de Abril, reclamando para si brasileiros a continuidade da raça.

Os modos em que se pronunciam em grande parte dos textos publicados nesse mesmo site deixam transparecer a arrogância e soberba de quem toma aquilo que não lhe pertence e sem vergonha ou humildade o toma como seu!

A marca Puro Sangue Lusitano pertence ao Estado Português. Deve ser tutelada, regulamentada e controlada por uma entidade estatal e não sujeitar-se a cair nas mãos de Associações, correndo o risco da criação de "novos" stud-books (como aconteceu)!

Acho que não cabe na cabeça de ninguém que a ABPSL crie o seu próprio stud-book, desprezando o Stud-boook da raça (o Português) onde desde 2003 não se rigistam animais nascidos no Brasil e onde se preveja a introdução de cavalos cruzados! Será que isto é para salvar a raça novamente?

Parece-me urgente a intervenção séria e pronta do Estado Português para que se acabe com esta guerra de Associações!

Espora de pontas
Iniciado
Mensagens: 13
Registado: quarta set 24, 2008 7:19 am

Re: Uma Raça três Stud Book's

#20 Mensagem por Espora de pontas » quarta mai 06, 2009 12:29 pm

Exm's colegas de Fórum,

Gostaria que alguém me explicasse a razão da existência da APSL, depois de tanta asneira como a que se verificou nos anos transactos com as incrições de cavalos que afinal não eram lusitanos, etc....., agora surge mais um episódio desta comédia portuguesa que é a criação do Stud book brasileiro, ninguém reparou que os brasileiros não inscreviam cavalos desde 2003 ????? Como é possivel??

Provavelmente não nasceram cavalos desde essa data, ou será que alguém andou distraído ou fez por andar.

Depois de mais esta, só resta ao ministério da agricultura assumir de imediato a gestão do Stud book por manifesta..... (nem sei o que lhe chamar) por parte da APSL e esta por sua vez deve ser extinta porque não tem qualquer razão de ser. São problemas atrás de problemas e curiosamente todos eles sem que a APSL encontre solução para os resolver, andam sempre por arrasto de denuncias ou noticias da comunicação social ou porque a Fundação Alter os obriga a mexer. Num país a sério a APSL já não existia há muito e tenho dúvidas se alguma vez tivesse sido criada.

Aguardo a vossas explicações.

Anonimo
Mensagens: 1
Registado: quinta mai 07, 2009 1:55 am

Re: Uma Raça três Stud Book's

#21 Mensagem por Anonimo » quinta mai 07, 2009 2:08 am

Boa noite!

Concordo plenamente que se discutam assuntos e se debatam ideias mas com toda a educação e princípios possíveis! frases como "um homem que entra a cavalo dentro de casas de jantar ...que violenteia brutamente os cavalos e que durante a semana apresenta um pouco de sangue no álcool"... para além de serem mentiram tornam este debate um autentico galinheiro!! acho que o Dr. Domingos Graciosa nunca faltou ao respeito a ninguém nesta sua luta para melhorar e apurar a raça lusitana por isso agradecia que fizessem o mesmo com ele e com qualquer das outras pessoas envolvidas! Percebo que chateie a muitos tudo o que se tem vindo a saber mas HAJA RESPEITO!!

E HAJA pessoas como o Dr. Domingos Graciosa que consigam ensinar e gostar tanto de cavalos e lutem pelas causas em que realmente acreditam!!!São precisas é pessoas com estes valores no meio dos cavalos! Não acredito que queira destruir a raça nem muito menos acabar com a APSL mas sim apurar a raça lusitana e torna-la numa associação séria e credível.

michael_holandés
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 132
Registado: quinta fev 12, 2004 3:43 pm
Localização: texas, USA

Re: Uma Raça três Stud Book's

#22 Mensagem por michael_holandés » quarta mai 13, 2009 1:19 am

Parece me que como é o costume em Portugal, só vão tentar tapar o buraco depois duma tragédia. Hoje em dia isso já não dá. A APSL devia e deve andar á frente dos acontecimentos e não andar a rastejar na traseira e depois apenas fazer damage control. Eu adoro Portugal mas esta mentalidade de fazer coisas tem de mudar tanto na criação cavalar como no dia a dia. Os Brazucas não são parvos e são subestimados e agora vai ser difícil de corrigir esta problema enorme e podia ter sido evitado.

Domingos Graciosa
Sela 01
Mensagens: 37
Registado: quarta fev 20, 2008 7:47 am
Contacto:

Re: Uma Raça três Stud Book's

#23 Mensagem por Domingos Graciosa » quarta jun 03, 2009 7:34 pm

Carta_Pagina_01.jpg
Carta_Pagina_01.jpg (55.53 KiB) Visto 4091 vezes
Carta_Pagina_02.jpg
Carta_Pagina_02.jpg (76.09 KiB) Visto 4092 vezes
Carta_Pagina_03.jpg
Carta_Pagina_03.jpg (74.92 KiB) Visto 4092 vezes
Carta_Pagina_04.jpg
Carta_Pagina_04.jpg (88.44 KiB) Visto 4090 vezes

Domingos Graciosa
Sela 01
Mensagens: 37
Registado: quarta fev 20, 2008 7:47 am
Contacto:

Re: Uma Raça três Stud Book's

#24 Mensagem por Domingos Graciosa » quarta jun 03, 2009 7:36 pm

Carta_Pagina_05.jpg
Carta_Pagina_05.jpg (84.24 KiB) Visto 4089 vezes
Carta_Pagina_06.jpg
Carta_Pagina_06.jpg (94.96 KiB) Visto 4090 vezes
Carta_Pagina_07.jpg
Carta_Pagina_07.jpg (92.64 KiB) Visto 4084 vezes
Carta_Pagina_08.jpg
Carta_Pagina_08.jpg (72.83 KiB) Visto 4082 vezes

Domingos Graciosa
Sela 01
Mensagens: 37
Registado: quarta fev 20, 2008 7:47 am
Contacto:

Re: Uma Raça três Stud Book's

#25 Mensagem por Domingos Graciosa » quarta jun 03, 2009 7:37 pm

Carta_Pagina_09.jpg
Carta_Pagina_09.jpg (27.22 KiB) Visto 4083 vezes
Carta_Pagina_10.jpg
Carta_Pagina_10.jpg (88.38 KiB) Visto 4083 vezes

ABC
Sela 04 (estribo de bronze)
Mensagens: 50
Registado: quarta set 17, 2008 9:47 am

Re: Uma Raça três Stud Book's

#26 Mensagem por ABC » sexta jun 05, 2009 9:47 pm

O que é preciso mais????

Será que as evidências que têm vindo a público não chegam para convencer os renitentes, os corruptos, os incrédulos, os inocentes e todos aqueles que teimam em atirar poeira para o ar, com o intuito de “fazer dos outros parvos”, que os dias do clube terminaram!

BASTA! De falsas desculpas.

BASTA! da procura de objectivos obscuros na oposição.

Onde está a competência de quem dirigiu a raça na última década?

Está à vista de todos! No Brasil muito certamente…

Que país é este? em que tudo se passa com um silêncio tumular e ninguém levanta a voz… não vá parecer mal e nos passem a chamar incendiários, agitadores, bêbados, esquizofrénicos e outros rótulos tais, enquanto continuam a chover evidências da malfadada gestão danosa.

E ninguém quer ver! Estaremos perante mais um ensaio sobre a cegueira, a do interesse, a da falta de carácter, a da conivência. Podem descer a pontuação da minha égua, e desclassificar o meu poldro no modelo e andamentos!!!??? NÃO ENTENDO – será assim que querem ganhar o respeito???? só se for o dos…

ESTE É O LEGADO E O EXEMPLO DE POSTURA do homem pequenino, o fiel representante da geração rasca que nos governa em todos os quadrantes do poder.

A vida é um minuto… qual foi o vosso contributo para a hora????? Vale a pena pensar nisto!

PSL
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 75
Registado: segunda abr 07, 2008 5:23 pm

Re: Uma Raça três Stud Book's

#27 Mensagem por PSL » sábado jun 06, 2009 11:05 am

A pandemia do ESTATUTO

Este é um comentário que pretende desmitificar um lado de uma realidade que tem vindo até nós nos últimos tempos. Lanço a pergunta: já alguém se deu ao trabalho de ler, linha a linha, parágrafo a parágrafo, o Regulamento do stud book brasileiro do cavalo Puro Sangue Lusitano?

Certamente que a maioria não, pois se o fizesse iria deparar-se com uma realidade de gestão operacional da raça que o faria pensar. No quê? Na pobreza do Regulamento português comparativamente com o alucinante número de situações previstas no Regulamento Brasileiro. Um verdadeiro hino à incompetência e muita falta de trabalho das inúmeras Direcções que têm passado pela APSL. Como é possível querer ter pretensões de gerir os destinos da Raça apenas com base no Estatuto e não na eficiência do desempenho? Só podia dar no resultado que está à vista!

Já alguém consultou pacientemente o site da ABPSL? Caso o faça vai-se deparar com um nível informativo que não tem paralelo com o site da APSL. A título de exemplo a genealogia dinâmica dá-nos igualmente informações relativas ao resenho do animal e ao seu proprietário. A progénie gráfica dá-nos informações relativas à descendência de um garanhão relativamente aos seguintes aspectos: número de filhos distribuídos por cores; pontuação média dos filhos especificando a avaliação dos diferentes parâmetros; a percentagem de filhos lusitanos e de cruzados; entre mais informação. Estes são apenas alguns dos aspectos que fazem a diferença entre quem trabalha e quem anda a dormir no ESTATUTO. Não é uma questão de dinheiro é apenas e só de trabalho, esforço e dedicação!

Imaginem a frustração de todos aqueles que no mundo são comandados por chefes incompetentes, pouco trabalhadores e sem ponta de carisma… o mesmo grupo de líderes que gosta de viver bem a vida e dar umas voltas pelo mundo à conta da empresa, assumindo uma postura de trabalho muito colada à visão exclusivista da tomada das grandes decisões, em restaurantes, bares e discotecas de frequência duvidosa. No fundo um pretexto meritório para penosas reuniões fora de horas, que a muito custo os afasta da tranquilidade do lar. Isto sim é dedicação… às despesas de representação! À custa desta forma de administração a economia vive a sua pandemia. E nasce a REVOLTA.

A falta de trabalho e a hipocrisia é tão grande que na verdade são as congéneres que elaboram as propostas mais trabalhosas, para a Direcção do Estatuto as apresentar aos seus associados como suas, para a sua aprovação e implementação à escala mundial. É ABSOLUTAMENTE IMORAL!

Neste panorama também eu ambicionaria a minha liberdade operacional, condenável em termos jurídicos, mas ABSOLUTAMENTE LEGITIMA EM TERMOS ÉTICOS E MORAIS!

DCP
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 102
Registado: quinta out 11, 2007 1:31 am

Re: Uma Raça três Stud Book's

#28 Mensagem por DCP » sábado jun 06, 2009 11:13 am

«A expectativa era enorme em Santo Amaro, pois o Concurso de Morfologia estava repleto de surpresas entre os favoritos. As intensas disputas entre os 222 animais chegava ao fim, com a análise criteriosa dos juízes portugueses Luís Lupi, Antonio Raul Brito Paes e Rui Rosado, que distribuíram 27 medalhas de ouro e 38 medalhas de prata.»

http://abpsl.rpm.com.br/noticia.asp?c=239

Maria Ramalho
Sela 01
Mensagens: 39
Registado: sábado jun 06, 2009 10:53 pm

Re: Uma Raça três Stud Book's

#29 Mensagem por Maria Ramalho » domingo jun 07, 2009 12:12 am

Ohhh até que enfim!!

Haja alguém que desafie, que intervenha, que lute pela mudança, pela preservação do nosso património!

Homessa, deixemo-nos de conversas de café, de sermos anões perante estes PODERES, de nos sentirmos vitimizados por tudo e nada!
Vamos perder a bem do LUSITANO, não assumirmos, uma atitude de apoio, perante estas pessoas todas que assinaram, aquele documento dirigido ao Ministro e com conhecimento ao 1ºMinistro e Presidente ?
Vamos continuar com os desabafos, entre uns copos, num discurso miserabilista ou mesmo neste Fórum, com pedidos de responsabilidade sobre determinados actos?
Chega. Sem existir união, pese embora as quezílias pessoais, nada se altera e o panorama será o mesmo: logo ou se continua em quezílias sem grande conteúdo ou se assume que se pretende a mudança.

Não me tomem por moralista, ok?

Apoio :-) E estarei ao dispor
Maria Ramalho

Avatar do Utilizador
areffoios
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 90
Registado: domingo jan 02, 2005 11:12 pm

Re: Uma Raça três Stud Book's

#30 Mensagem por areffoios » segunda jun 08, 2009 11:32 pm

Sobre a carta aqui publicada apenas posso dizer que, como Português e apaixonado pela Nossa cultura, tradições e identidade, tenho muita pena de não a ter assinado. Concordo com tudo o que ali é dito e felicito o seu autor e signatários.

Cumprimentos
Alexandre Reffóios

Responder

Voltar para “Puro Sangue Lusitano”