Desánimo

Esta secção é para todos os temas que não estejam incluidos nas outras secções

Moderador: Filipe Graciosa

Responder
Mensagem
Autor
onze
Espectador
Mensagens: 6
Registado: quarta abr 29, 2009 4:17 pm

Desánimo

#1 Mensagem por onze » quinta out 01, 2009 4:48 pm

Olá a todos, algum de vocês mais experiente me pode dar algum apoio e opiniões? Ando na equitação à 6 meses, o volteio foi fantástico tive uma boa evolução conseguia fazer tudo com muita facilidade mesmo quando o cavalo se assustava no galope não era problema para mim, segundo o professor eu assumia logo a posição correcta e tudo correu lindamente. Quando passei para a sela parece que retrocedi, tudo mudou postura, posição, então com galope o cavalo sai sempre à carga, e acabo por me agarrar demasiado às rédeas e com os gritos da (agora professora) fico ainda mais tenso, tenho desanimado muito parece que não consigo encaixar, e tenho evoluído muito pouco, para já tenho aguentado por adoro cavalos e adorava saber montar muito bem, mas tenho receio de desistir pois se isto não mudar por muito que resista acabarei por fazê-lo.

Se alguém me puder dar algumas dicas, agradecia imenso.
Sou novo neste fórum, gostava de interagir com outras pessoas.
Obrigado

Marcio Gomes 2
Espectador
Mensagens: 5
Registado: quarta set 23, 2009 1:41 pm

Re: Desánimo

#2 Mensagem por Marcio Gomes 2 » quinta out 01, 2009 6:22 pm

Seis meses é muito pouco tempo, ainda tens muito tempo para te habituares.
Tenta manter as costas direitas mas descontraídas.
E nunca desistas. :lol: :lol: :P
Márcio Gomes

ICCG
Iniciado
Mensagens: 14
Registado: segunda dez 28, 2009 9:42 pm

Re: Desánimo

#3 Mensagem por ICCG » quarta dez 30, 2009 7:42 pm

Olá cavaleiro 8)
Sabes, na realidade passei para a sela 1 à dois meses. Sempre fui mto eficiente nas aulas de iniciação. Eu custumo ter medo e ainda mais quando o cavalo fica descontrolado ou quando me calham aqueles que são mesmo muito teimosos e que ninguem gosta estas a compreender?
Bem, o meu segredo é nunca mostrar ao cavalo que estou com medo... Mas sabes, uma vez um cavalo deu um coise à égua que ia à minha frente e eu com medo fugi mas com calma.
Tudo o que te dice foi para te mostrar que quando nos estamos "protegidos pela guia" estamos muito mais confiantes nas nossas capacidades. Afinal de contas com uma corda e um professor a segurar o cavalo e a explicarnos tdo o que fazer o que custa galopar, trotar e até mesmo andar a passo!?
Tenta fazer com que o cavalo saiba que tu estas em cima dele e QUE TU É QUE MANDAS ALI. Se não te obdecer tens de recorrer a umas valentes stickadas no peito (lembra-te que nca na garupa pqe ai ele vai correr ainda mais).
Vai dando noticias cavaleiro e boa sorte... :P

Phynx
Sela 04 (estribo de bronze)
Mensagens: 51
Registado: terça nov 07, 2006 8:52 pm

Re: Desánimo

#4 Mensagem por Phynx » quarta dez 30, 2009 10:51 pm

Um dia vais aprender que isso das "stickadas" seja onde for é um tremendo erro. Tentar aprender equitação com gente realmente sapiente, que perceba os cavalos e o porque das coisas e não com gente violenta. A culpa não é tua, tu só fazes o que vês e o que te ensinam. Mas pensa bem se faz sentido bater num cavalo e obriga-lo à humilhação quando ainda não tens o treino e a sabedoria de realmente trabalhar com o cavalo.

Avatar do Utilizador
saitam
Sela 01
Mensagens: 44
Registado: quarta ago 26, 2009 4:19 pm

Re: Desánimo

#5 Mensagem por saitam » quinta dez 31, 2009 11:33 am

Pois é ICCG, tal como Phynx diz bater no contexto de querer educar é algo que vais aprender que não é o que queres.
Então bater para não andar :? isso muito menos, a melhor felicidade dum cavaleiro é ter um cavalo que quer andar.

Só há uma coisa que tens razão, não podes mostrar medo, sim isso faz sentido, pois ele sente bem esse teu estado de espírito e claro que fica preocupado pois está á espera que sejas a sua segurança e não quem está com medo.

Mas voltanto ao andar, sim andar para a frente é mesmo o que se quer. Direito e bem no fundo do arreio, na prática aproveitar toda essa vontade para usar como impulsão e depois é controlar. Se quer fugir, fazer umas voltas, quanto mais apertadas mais dificuldade terá em fazê-las e como tal vai acabar por ter que baixar o andamento para o que queres, ele não é parvo e sabe que se continuar vai acabar por cair.

A vara deve ser usada, não para bater, mas para encostar na zona onde a tua perna devia actuar mas por falta de força necessita de uma ajuda "artificial" de forma a lembrar-lhe que é para andar!

Para finalizar, quando ele começar a "correr" mais do que desejas, experimenta em sentar-te com o peso mais para trás, ombros bem para trás, na prática, fazendo peso no rim, normalmente a coisa acalma e mesmo que não o faça ajuda-te a equilibrar-te e com os ombros acabas por esticar mais as rédeas, ou seja uma forma de o controlares no ferro.

Bons momentos a cavalo e se possível, cheios de impulsão :D

Já agora, bom Ano 2010.

Responder

Voltar para “Diversos”