Zona do Porto II

Críticas, sugestões e dúvidas

Moderador: Filipe Graciosa

Mensagem
Autor
mig_abreu
Sela 04 (estribo de bronze)
Mensagens: 55
Registado: quinta jul 06, 2006 11:54 pm
Localização: NORTE

#16 Mensagem por mig_abreu » quarta dez 06, 2006 6:43 pm

Olá Miguel,

Se souberes alguma coisa depois pf informa-me porque como eu te disse estou a pensar ir para lá no próximo ano. Mas primeiro tenho que juntar os €€€€ para a joia de entrada se não arranjar nenhuma forma de contornar isso :( . Mas, não há nada como ter o cavalo perto de casa e poder lá ir a qualquer momento, mesmo à noite se houver algum problema, por isso estou a pensar mesmo que valerá a pena o investimento, mas pf mantem-me informado.

Ah, vi lá no bar, uma aviso que agora o responsável da escola é o Nuno Manta, como pretendes seguir ensino não sei se te pode interessar, mas sinceramente não faço ideia como a escola está a funcionar (sei que esteve a fucnionar bastante mal a algum tempo atrás

omega2
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 82
Registado: sexta jan 30, 2004 9:30 pm
Localização: Entroncamento

...

#17 Mensagem por omega2 » domingo dez 24, 2006 8:35 pm

eu cheguei a "trabalhar" no chp (no clube) mas por algumas razões acabei por me vir embora. na altura em que lá estive as condições não eram más, os picadeiros (coberto e descobertos) eram bons, os cavalos da escola davam gosto de montar (ainda me lembro muito bem de todos, mas principalmente da nikita, que era uma cruzada de árabe com um feitio muito especial!), as áreas á volta convidavam a uns óptimos passeios, nunca prestei grande atenção aos pátios exteriores porque além de ter estado lá muito pouco tempo, passava mais tempo nas boxes do clube e dentro do picadeiro.
as razões que me fizeram vir embora foram: 1º- a minha alergia assumida ao complexo de nariz empinado. é melhor nem explicar este primeiro ponto para não ferir susceptibilidades! 2º- não estava para fazer o trabalho de tres pessoas. numa dada altura era eu que tratava dos cavalos, fazia as camas, aparelhava os cavalos para as aulas (sim, porque ali os meninos só montam, não aparelham os cavalos tal como não tratam deles) e dava as aulas de volteio e de sela (algumas chegavam a ser ao mesmo tempo!). 3º- apesar de ser aventureira, o facto de estar longe da minha santa terrinha, da familia e dos amigos, tambem me fez desistir e voltar pra casa. no fim de um mês e tal de trabalho ( e muitos euros em transportes) disseram que não estavam contentes com o meu trabalho e que eu me podia ir embora. como não havia nenhum contrato escrito, não me pagaram nada. sem sequer a porcaria dos transportes. tudo isto foi um autentico "abre olhos" e uma lição de vida que me custou a esquecer.
por tudo isto, é normal que não tenha muito boa opinião acerca da gestão daquele centro hipico!
eles correm como o vento e teem a nobreza nas veias***

omega2
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 82
Registado: sexta jan 30, 2004 9:30 pm
Localização: Entroncamento

...

#18 Mensagem por omega2 » domingo dez 24, 2006 8:37 pm

não referi que tudo isto se passou ha coisa de tres anos atras. :roll:
eles correm como o vento e teem a nobreza nas veias***

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#19 Mensagem por João dee Deus » domingo dez 24, 2006 11:36 pm

Muito bem....

Ora aqui está uma conversa interessante para ser debatida no bar do club do Porto....e aqui tambem...

Não diria isto se não conhecesse a Ana,em que acredito em todas as palavras que ela escreveu.....TODAS....sem nunca ter sabido disto antes.

É UMA VERGONHA QUE SE TENHA ALGUEM A TRABALHAR PARA NÓS E MESMO QUE DESCOÑTENTES COM O ELEMENTO NÃO LHES PAGAR......MAIS É UM ROUBO...[/

PRESUMO QUE COM ESTE TIPO DE GERENCIA NEM SEGURO ELA HAVIA DE TER.

É importante que se tire isto a limpo e para isso temos varios foristas lá no Club do Porto....não tenham medo de abordar o assunto....de peito aberto....à Marialva~.

saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

omega2
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 82
Registado: sexta jan 30, 2004 9:30 pm
Localização: Entroncamento

...

#20 Mensagem por omega2 » segunda dez 25, 2006 8:23 pm

"É UMA VERGONHA QUE SE TENHA ALGUEM A TRABALHAR PARA NÓS E MESMO QUE DESCOÑTENTES COM O ELEMENTO NÃO LHES PAGAR......MAIS É UM ROUBO...[/ "

pois é João, mas infelizmente é uma coisa que acontece aos milhares de jovens inexperientes nesta coisa do mercado de trabalho!! como disse anteriormente, foi um "abre olhos" para mim!

"PRESUMO QUE COM ESTE TIPO DE GERENCIA NEM SEGURO ELA HAVIA DE TER."

ora ai está uma verdade absoluta. nem eu, nem nehum das pessoas que trabalhavam comigo tinham seguro.

não sei quem esta encarregue da gestão do clube neste momento, mas se ainda lá estiverem as mesmas pessoas que estavam há tres anos atrás, então está mal entregue!
sim, é um bom assunto para se debater! começo então por perguntar aos foristas que frequentam o clube, quem está encarregue da gestão do clube? quem são os professores?
eles correm como o vento e teem a nobreza nas veias***

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#21 Mensagem por João dee Deus » segunda dez 25, 2006 9:35 pm

Ana e companheiros do forum

Deve ser muita pouca sorte minha,porque sendo raro sair daqui este caso da Ana QUE É AJ.MONITORA, já é o segundo que conheço donde posso legitimamrente extrapolar para possiveis outros casos.
Ainda este verão estive a falar com UM MONITOR que depois de estar a trabalhar lá no Norte num picadeiro durante 3 MESES..SÓ RECEBEU O PRIMEIRO......

Acho que não há ainda sindicato mas se isto se torna habito mal vão as coisas.

Estas pessoas lesadas como a Ana, este Monitor, de que falei,e possivelmemte muitos mais, deveriam participar estes acontecimentos à FEP para que quando esta se tiver de pronunciar/decidir/relacionar com os ditos Centros o faça de um maneira mais abalizada.

Dirigi-me tambem aos companheiros para que se conhecerem mais casos os relatem mesmo ou especialmente sem mensionar nomes..apenas factos.

ALIÁS NUNCA SE DENUNCIAM PESSOAS ....APENAS FACTOS E SITUAÇÕES.......E DEPOIS AS ENTIDADES COMPETENTES QUE CUMPRAM A SUA OBRIGAÇÃO INVESTIGANDO

SAUDAÇÕES MARIALVAS
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

omega2
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 82
Registado: sexta jan 30, 2004 9:30 pm
Localização: Entroncamento

...

#22 Mensagem por omega2 » terça dez 26, 2006 6:22 am

"ALIÁS NUNCA SE DENUNCIAM PESSOAS ....APENAS FACTOS E SITUAÇÕES."

Mas para se denunciar facros e situações também se pode referir nomes de pessoas envolvidas nesses mesmos factos e situações!
se esta conversa vier a aprofundar se não vou ter medo de dizer nomes!!
eles correm como o vento e teem a nobreza nas veias***

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#23 Mensagem por João dee Deus » terça dez 26, 2006 6:40 am

Ana

O que eu disse acerca das denuncias foi o que aprendi durante o tempo da PIDE a depois da revolução.

Não quer dizer que as outras pessoas pensem como eu,mas acho mais digno que seja como eu referi.
Só em sede propria e por intimação se deve então recorrer ao reconhecimento directo e à respectva pessoalização.
Aqui só podem ser referidas datas e acontecimentos tendo-te a ti como protagonista.

saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#24 Mensagem por AnaE » terça dez 26, 2006 5:49 pm

Realmente é uma vergonha, nas não é só no mundo esquestre. Os mecanismos legais existem... formalmente, mas não funcionam para os pequenos e depois ainda nos arriscamos a ficar "queimados" pos "darmos problemas"... mas também não acredito em sindicatos... acreditaria num contrato bem redigido onde venha bem escrita a função a desempenhar, o tempo de contrato e o salário.

De qualquer modo, faz sentido que as profissões equestres tenham associações das várias acividades... mas isso tem que partir de uma "necessidade" sentida pelos próprios.

Fora desse problema o que mais me espanta é o estabelecimentos equestres não serem alvo de um licenciamento por uma entidade competente e com regulamento de instalações próprio como são a grande maioria dos estabelecimentos de comercio e serviços abertos ao publico.

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

-

#25 Mensagem por João dee Deus » terça dez 26, 2006 11:36 pm

Ana

Se a Ana pedisse um contracto escrito para trabalhar a quem pensa de ante mão que não vai pagar....ele diria logo que "ela estava a levantar problemas"e já era prenuncio de que ela iria ser complicativa no trabalho....

ACHO QUE ISTO JÁ VEM NAQUELE MANUAL QUE TAMBEM DIZ COMNO LEGALMENTE PROVOCAR UMA FALENCIA COM VANTAGENS PARA OS PATRÕES....

VAMOS VER É SE ALGUEM DA ZONA DO PORTO DÁ SEGUIMENTO A ESTE ASSUNTO

saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Avatar do Utilizador
cervantes
Monitor de Equitação
Mensagens: 465
Registado: segunda dez 12, 2005 8:19 pm
Localização: Londres / Porto
Contacto:

Escola CHPM

#26 Mensagem por cervantes » quarta dez 27, 2006 12:59 am

Caros foristas,

A Escola do CHPM actualmente é conduzida pelo Dr. Manuel Menezes que a meu ver é um excelente profissional e acima de tudo é uma excelente pessoa, nomeadamente com uma visão de entreajuda fora do normal comparada ao que estou habituado a ver na area equestre (relações entre escolas e CH's).
Estou certo que os relatos aqui apresentados nada têm a ver com esta actual gestão.
O papel do CHPM e da sua Escola de Equitação tem sido bastante importante no desenvolvimento e promoção da actividade equestre aqui no Porto e no Norte em geral, principalmente da equitação ligada aos Saltos de Obstáculos.
É natural que em Centros com a dimensão do CHPM (semelhante à dimensão da SHL), nem sempre as coisas corram bem... nem que toda a gente acabe por se dar bem!

Quanto à questão laboral é mesmo isso... uma questão laboral, que deve ser resovida em sede própria. Ao que sei está em constituição o SPADE - Sindicato dos Profissionais das Actividades e Desportos Equestres. Esse instituto poderá no futuro ter um papel importante na resolução e prevenção deste tipos de acontecimentos.

Cts Cavaleiros,

Virgílio Cervantes

omega2
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 82
Registado: sexta jan 30, 2004 9:30 pm
Localização: Entroncamento

...

#27 Mensagem por omega2 » quarta dez 27, 2006 2:35 am

Então a gestão é a mesma... :? . Cervantes, é normal que com a diferença de idade que temos e diferentes maneiras de ver a vida, também tenhamos diferentes opiniões acerca de tal pessoa. Essa pessoa não foi correcta comigo. E não falo só do facto de não me ter pago nada, mas também na maneira de me abordar para me dizer que ia mandar embora!
Como referi antes, tudo se passou ha tres anos, o que pode querer dizer (e pelos vistos foi o que aconteceu) que ele aprendeu como se gere um espaço. Mas mais do que gerir o espaço, ele teria que aprender a "gerir" pessoas.
eles correm como o vento e teem a nobreza nas veias***

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#28 Mensagem por João dee Deus » quinta dez 28, 2006 3:15 am

Pois...é tudo muito legitimo...mas o Cervantes tem opiniões e a Ana tem factos :wink: :wink:

Não acredito que esta conversa ainda não tenha chegado ao bar da CPHM.

O pessoal do Norte não costuma ser assim,mas vamos esperar.

saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Avatar do Utilizador
cervantes
Monitor de Equitação
Mensagens: 465
Registado: segunda dez 12, 2005 8:19 pm
Localização: Londres / Porto
Contacto:

#29 Mensagem por cervantes » quinta dez 28, 2006 6:24 am

Olá João,

Como o meu bom amigo sabe passei alguns anos da minha vida a "queimar pestana" na Universidade Católica. A minha juventude e o facto de "odiar" a matemática levou-me a escolher o curso de Direito. Mais tarde e a tempo... cheguei à conclusão que aquilo não era para mim. Hoje tenho amigos de curso que uns são Advogados, outros Diplomatas, outros Delegados do M.P., outros Juízes... outros não seguiram por nenhum destes obvios caminhos. De todos estes companheiros, aqueles que mais admiro (dois ou três) são aqueles que escolheram o caminho de vida mais dificil... o da maior RESPONSABILIDADE, a de seguir o CEJ e ser JUIZ!
Isto de JULGAR é dificil... mas mesmo muito dificil. Fugi a sete pés deste tipo de situações na juventude... não será agora que me vou meter nelas! :wink: :lol: :lol:

(Vou julgando umas provitas equestres... e vai lá vai...)!

Cts Cavaleiros,

Virgílio Cervantes

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#30 Mensagem por João dee Deus » quinta dez 28, 2006 6:59 am

Cervantes

Só quando se é Marialva, ou quando se pode prever com alguma segurança de que se tem os almoços todos pagos até ao final da esperança de vida,é que se pode tomar posições diferentes e isso é um previlegio.

Os sindicatos apareceram porque não havia a hipotese de pessoalizar as posições inconvenientes para o patronato e assim eles não podiam inviabilizar os almoços ao interessado na justiça,limitando-se a praguejar contra as organizações,e essas não almoçam.

De qualquer modo,aqui o "jornal da caserna" já publicou e comentou, e tenho a certeza de que como já disse,já não somos só nós que sabemos deste acontecimento.

saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Responder

Voltar para “Instalações Hípicas”