Desmame, separação

Fórum do Tema

Moderadores: Filipe Graciosa, Catarina Graciosa

Responder
Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
Diogo Martins
Iniciado
Mensagens: 10
Registado: quarta out 17, 2007 9:47 pm
Localização: Sintra/Odemira

Desmame, separação

#1 Mensagem por Diogo Martins » terça out 30, 2007 1:40 am

Boas!

Agradecia uma opinião relativamente á separação de um poldro da respectiva mãe.
Tem seis meses e está “vendido” a um vizinho a (+/- 500m), agora estou com receio que possa existir problema com a separação devido á proximidade.
Será que alguém já passou por esta situação e me possa aconselhar!?

Cumprimentos

Diogo

redondo623
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 102
Registado: quinta ago 25, 2005 10:27 pm

#2 Mensagem por redondo623 » terça out 30, 2007 1:58 am

Diogo Martins,

Cada caso é um caso, aqui em vez de caso leia-se poldro.

Por proximidade da mãe nunca tive problemas a fazer desmame de poldros, no entanto eles têm de perceber que não é possivel passar para junto da mãe.

Facilita as coisas se o poldro tiver companhia no novo dono.
Cumprimentos,

Rui N S

Avatar do Utilizador
Diogo Martins
Iniciado
Mensagens: 10
Registado: quarta out 17, 2007 9:47 pm
Localização: Sintra/Odemira

Desmame, separação

#3 Mensagem por Diogo Martins » terça out 30, 2007 2:41 am

Rui,

Sou muito inexperiente na matéria, mas estou a prever dificuldades pois ele é muito cioso da mama!
Ontem fui dar uma volta com ela, o potro ficou por ali a pastar quando deu conta arrancou a direito levou cercas eléctricas , tudo o que estava pela frente.

No sitio para onde vai tem duas cabrinhas , é melhor que nada!

Existe tambem o problema da égua só estou presente ao fim de semana....

Diogo

redondo623
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 102
Registado: quinta ago 25, 2005 10:27 pm

#4 Mensagem por redondo623 » terça out 30, 2007 9:04 am

Caro Diogo,

As cabras ajudam, são uma companhia.

Consegues fazer o desmame ai no seu pasto?

Fechando a eguas durante uns dias ou garantindo que ficam separados, isso podia ser uma boa ajuda.
Cumprimentos,

Rui N S

Responder

Voltar para “Veterinária”