Plasma Rico em Plaquetas (PRP)

Fórum do Tema

Moderadores: Filipe Graciosa, Catarina Graciosa

Responder
Mensagem
Autor
MariaJoanaCampos
Espectador
Mensagens: 6
Registado: quarta jan 31, 2018 11:23 am

Plasma Rico em Plaquetas (PRP)

#1 Mensagem por MariaJoanaCampos » quarta mar 14, 2018 4:14 pm

FATORES DE CRESCIMENTO

A infiltração local de plasma autólogo rico em fatores de crecimiento plaquetários (PRP) é um tratamento muito utilizado por veterinários de cavalos em medicina desportiva equina, principalmente no tratamento de tendões e ligamentos, estas técnicas de regeneração celular também é utilizada com o intuito de acelerar o processo de recuperaçãode lesões musculares e articulares, assim como também podem estar associadas a intervenções cirurgicas, favorecendo a cicatrização dos tecidos.
Os cavalos sofrem lesões em tendões e ligamentos que comprometem a vida desportiva do animal, devido à limitada capacidade de recuperação dos tendões.

Geralmente, o tecido de cicatrização de um tendão é funcionalmente inferior ao tecido inicial, o que aumenta o risco de uma nova lesão. O tendão normal, sem lesões, apresenta uma grande quantidade de fibras de colagénio tipo 1. Despois de uma lesão, os tensões tendem a apresentar uma grande quantidade de fibras de colagénio tipo 4.

O colagénio tipo 1 é composto por fibras compridas bastante alinhadas. Contrariamente, as fibas de colagénio tipo 4, são constituídas por fibras curtas e cruzadas. Estas fibras cuurtas de tipo 4 não se movem de forma independente, como tal são mais suspectíveis a uma nova lesão.

As principais vantagens do PLASMA RICO EM PLAQUETAS (PRP) são:

- Promove a intensa neovascularização do tecido lesionado, ajudando na sua nutrição, ocigenação, eliminação de metabolitos tissulares tóxicos.
- Aumentam a celularidade associadaa com o alinhamento de fibras tendinosas, estimulando a regeneração de fibras tipo 1 nos tendões.
- Favorece o processo de cicatrização, reduz a dor e acelera a cura.
- Acelera a recuperação tissular, podendo tardar apenas a metade do período de tempo esperado, possibilitando o retorno a uma vida desportiva de qualidade.
- Promovem a cura de lesões ósseas, tendinosas e ligamentosas. Nas feridas acelera a diferenciação de tecidos epiteliais e a sua reorganização.

Responder

Voltar para “Veterinária”