Desparatização

Fórum do Tema

Moderadores: Filipe Graciosa, Catarina Graciosa

Responder
Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
Wasserluft
Monitor de Equitação
Mensagens: 253
Registado: sábado jun 03, 2006 3:48 am
Localização: Corroios - Coudelaria José Nunes Robalo - Quinta da Matinha

Desparatização

#1 Mensagem por Wasserluft » segunda out 16, 2006 10:07 pm

Meus caros ,
De quanto em quento tempo ???
3 em 3 meses, 6 em 6 meses???
"The Horse´s reward to be able to communicate with the predator and cause him not to be predatory" Monty Roberts
"Pedir constantemente ,contentar-se com pouco,Recompensar muito. " Beaudant

AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#2 Mensagem por AnaE » segunda out 16, 2006 10:11 pm

no meu caso era de 6 em 6 meses, na chegada da primavera e na chegada do outono... alternando Strongid e Eqvalan.

Avatar do Utilizador
Dr.Elina
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 183
Registado: segunda jul 19, 2004 5:54 pm
Localização: Penafiel
Contacto:

#3 Mensagem por Dr.Elina » segunda out 16, 2006 10:26 pm

Depende qual é a desparasitante que se usa. Cada um tem a sua "validade".

Também depende como o cavalo é tratado, se on pastos são limpos com a regularidade, da idade do cavalo, do grupo em que está etc.

Mais ou menos normal é desparasitar 2 em 2 meses ou 3 em 3 meses.

Avatar do Utilizador
Wasserluft
Monitor de Equitação
Mensagens: 253
Registado: sábado jun 03, 2006 3:48 am
Localização: Corroios - Coudelaria José Nunes Robalo - Quinta da Matinha

Onde compravas ??

#4 Mensagem por Wasserluft » segunda out 16, 2006 10:32 pm

Ao teu Vet ou numa farmácia ?
"The Horse´s reward to be able to communicate with the predator and cause him not to be predatory" Monty Roberts
"Pedir constantemente ,contentar-se com pouco,Recompensar muito. " Beaudant

AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#5 Mensagem por AnaE » segunda out 16, 2006 10:34 pm

No meu caso fazia assim por indicação da vet e encomendava os deparasitantes numa farmácia normal.

AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#6 Mensagem por AnaE » segunda out 16, 2006 10:35 pm

o melhor é pedir conselho ao seu vet, porque cada cavalo é um caso!

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#7 Mensagem por João dee Deus » segunda out 16, 2006 10:48 pm

AnaE

Chegaste a perguntar à Vet como chegava á conclusão de que o cavalo precisava de ser desparasitado.?
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#8 Mensagem por AnaE » segunda out 16, 2006 10:55 pm

A desparasitação como as vacinas são cuidados básicos para evitar outros problemas. Nunca puz isso em causa porque sei quais são os problemas que podem surgir causados por parasitas.

Antes de ter um vet encarregado do meu cavalo, fazia as coisas de boca e desparasitava de 3 em 3 meses. Depois ela disse que considerando o regime de estabulação, a alimentação e a utilização do cavalo de 6 em 6 meses com esses dois produtos seria suficiente.

Por razões que não se prendem com problemas causados por parasitas, foram mais tarde feitas analises de despiste de parasitas e todas deram negativas pelo que este esquema seria suficiente.

Os cavalos de concursos que circulam por muitos sitios, e os cavalos que estão a campo ou em locais batidos por muitos animais deveriam á partida ser desparsitados mais vezes.

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#9 Mensagem por João dee Deus » segunda out 16, 2006 11:05 pm

AnaE

Independentemente de tudo o que dizes e se sabe,já reparaste o que rodeia esta situação de desparatização.?

O loby que está inerente.?

A insegurança na propria embalagem que pode ser usada e cheia novamente com um qualquer creme desde que branco.

Está tudo "preso por cordéis" embora a necessidade seja um facto,mas segundo creio em muitos menos casos do que normalmente se atribuem.

Há cavalos que tal como as pessoas não precisam de desparasitantes.

Porque havia de ser diferente.?

Mal não faz...e o vet fica bem visto por revelar cuidado com o nosso cavalo.

Não sou contra a desparasitação mas quando é preciso...e isso eles,os vets,teem de se esforçar por demonstrar e não receitar indiscriminadamente.

saudaçºões marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#10 Mensagem por AnaE » segunda out 16, 2006 11:16 pm

A insegurança na propria embalagem que pode ser usada e cheia novamente com um qualquer creme desde que branco.
Bem... isso será um pouco de mania da perseguição não?

Não tenho a certeza mas penso que as embalagens com comprei vinham sempre seladas. :roll:

Pondo de parte o Lobby das farmaceuticas... a verdade é que tal como no assunto das ferraduras (... o lobby dos ferradores) ... os cavalos efectivamente estão muitas vezes sujeitos a ambientes muito longe do seu natural... de tal forma que o "natural" dos cavalos até pode passar a ser muito diferente do "natural" inicial!

Rogers
Monitor de Equitação
Mensagens: 441
Registado: sexta jun 23, 2006 5:28 am
Localização: Inglaterra
Contacto:

#11 Mensagem por Rogers » segunda out 16, 2006 11:40 pm

Como disse a Dr Elina tudo depende do regime em que está o cavalo, se não tem contacto proximo (ex. dentro do mesmo paddock) com outro cavalo a desparazitação pode ser mais afastada, até 6 meses, embora eu nunca arrisco tanto, no máximo eu faço todos de 4 em 4 meses e evito fazer com um intervalo menor que 3 meses, pois ao desparazitar um cavalo tb estamos a matar a flora microbiana normal do cavalo.
Outro factor importante a ter em cosideração é se os outros cavalos nas instalações são desparazitados regularmente e na mesma altura.

Sr João, não pode de maneira nenhuma comparar a nossa desparazitação com aquela dos cavalos, pois a nossa higiene é muito mais cuidada do que aquela do cavalo, pois nós não andamos a pastar e a comer do chão perto do mesmo sitio onde defecamos. (deculpa ser tão grosseira, mas é verdade), logo não damos continuidade ao ciclo dos parazitas, que é o que acontece com os cavalos.
Nunca desistir, por muito dificil que seja que um dia...havemos de vencer!

Avatar do Utilizador
horse_lover
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 144
Registado: quinta fev 05, 2004 11:15 am
Localização: Porto, V.N.Gaia

#12 Mensagem por horse_lover » terça out 17, 2006 3:44 am

off-topic... :oops:

A palavra desparasitar tem origem na palavra "parasita" com o prefixo "des". Pelo que a palavra correcta é desparasitação, e não desparatização :roll:
Ana Patrícia
Imagem

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#13 Mensagem por João dee Deus » terça out 17, 2006 3:54 am

Já sabia que ia ter de dialogar sobre isto.

AnaE

Que selo é viste ...na embalagem..? uma rodela auto adesiva na tampa da caixa...é isso a selagem tem dó..Nem parece teu nem do teu pragmatismo habitual :wink:

Rogers

O mundo não são só as pessoas que teem higiene e não estou a referir-me ao terceiro mundo mas mesmo entre nós neste país e no teu,onde há nucleos onde a higiene é precaria e as pessoas não se desparazitam de 3 em 3 meses.

Os cavalos são muito mais rusticos e resistentes do que nós...disso ninguem tem duvidas.Recorrem a ajudas medicas muito menos vezes que nós durante a vida.
Também contra os parasitas teem muito maiores defesas que nós e não estão assim expostos a "violencias" alimentares tanto em excesso como em defciencia.

Já para não falar da pouca convicção com que os Vet honestos se manifestam em relação à necesidade dos desparasitamtes.
Eles sabem que como tu disseste,que tambem morre a flora intestinal e daí aquelas caras de retcencias que eles fazem porque pensam logo nas coliucas.

É à vontade do freguês 6 em 6--3 em 3---é um fartote :lol: :lol:

VOLTO A DIZER QUE NÃO SOU CONTRA A DESPARASITAÇÃO

saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#14 Mensagem por João dee Deus » terça out 17, 2006 4:30 am

Lembrei-me agora que os desparasitantes do gado, cães e gatos,são 10 vezes mais baratos e no caso do gado,teem o mesmo principio activo.
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Rogers
Monitor de Equitação
Mensagens: 441
Registado: sexta jun 23, 2006 5:28 am
Localização: Inglaterra
Contacto:

#15 Mensagem por Rogers » terça out 17, 2006 5:03 am

Isso do gado é verdade, só que como o cavalo é mais sensivel que o gado, apesar do desparatizante ter o mesmo principio activo continua a ser diferente, se derem o do gado ao cavalo dão cabo do figado do cavalo em poucos anos.

A maneira correcta que a desparatização deve ser feita é com analises aos fezes dos cavalos sendo feito uma contagem de ovos neles existentes e depois avaliar se necessita de ser desparatizado. Esta analise é muito baraata custa apenas 2 ou 3 euros e com isso até se poupa muito dinheiro.

Sr, João eu não conheço ninguem que coma do chão onde defeca(nem no treceiro mundo)... e é por isto que os animais de pastoreio têm que ter um controlo muito maior, pois é assim o ciclo de vida dos parasitas. E não tem nada haver com resistência aos mesmos, pois não são uma bactéria ou um virús. Todos os cavalos devem ter um certo nivel de parasitas, mas tem que ser controlado, não necessáriamente por desparatizantes, pode ser por uma recolha muito cuidada das fezes dos campos e rotação de campos com ovelhas e vacas para parar o ciclo dos parazitas, ou o cavalo estar sempre em baía.
Nunca desistir, por muito dificil que seja que um dia...havemos de vencer!

Responder

Voltar para “Veterinária”