Turismo Equestre vs TREC

Fórum da modalidade e de Turismo Equestre

Moderadores: Filipe Graciosa, Mena, cervantes

Responder
Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
cervantes
Monitor de Equitação
Mensagens: 465
Registado: segunda dez 12, 2005 8:19 pm
Localização: Londres / Porto
Contacto:

Turismo Equestre vs TREC

#1 Mensagem por cervantes » segunda dez 12, 2005 9:17 pm

Entrei hoje neste Forum pela primeira vez e senti-me automaticamente "obrigado" a efectuar o meu registo de utilizador. Verifiquei a existência de algumas (muitas) duvidas relativas à ligação entre o Turismo Equestre e o TREC. Como dirigente associativo ligado a ambas as realidades e sendo um dos responsaveis pela introdução do TREC em Portugal (juntamente com 11 cavaleiros nacionais formados pela CNTE da Federação Francesa), sinto-me hoje, como sempre, responsavel pela correcta informação e cabal esclarecimento das duvidas que naturalmente emergem das mentes daqueles, que como eu, se interessam e apaixonam pela equitação de plena natureza.
O TREC nasceu em França (a historia pode ser consultada em diversos sites nacionais e internacionais), resultado da necessidade verificada em complementar a formação dos agentes de turismo equestre, principalmente daqueles que se encontram diariamente no terreno (acompanhantes e guias de turismo equestre). As provas, são nada mais do que a verificação da "habilidade" de cada profissional de TE em cada uma das vertentes do seu trabalho: cartografia/orientação, capacidade de ensino de um cavalo de exterior e respectivo know how equestre.
Foi assim (e continua a ser) elemento fundamental para verificar e certificar as competências profissionais de cada um destes agentes.
Contudo a "popularidade" desta competição depressa se alargou também aos praticantes de turismo equestre, estes ansiosos por poderem demonstrar as suas capacidades técnicas numa area que em frança se encontrava em clara e evidente expansão - o TURISMO EQUESTRE. São eles os "Randonneurs", os homens e mulheres amantes da equitação de plena natureza.
Hoje em dia, o TREC é a disciplina equestre que em França congrega o maior numero de praticantes, sempre, repito, sempre ligada ao Turismo Equestre. Esperando ter contribuido para o esclarecimento desta questão expresso aqui o meu MUITO OBRIGADO à cavalonet por inserir o TREC (e o Turismo Equestre) neste conjunto de foruns que são hoje uma referência na comunicação do mundo equestre Português.

fmvnunes
Sela 04 (estribo de bronze)
Mensagens: 72
Registado: quarta mar 03, 2004 2:37 pm
Localização: Roda Grande-Tomar

#2 Mensagem por fmvnunes » terça dez 13, 2005 12:27 pm

Primeiro que tudo bem vindo ao forum Srº Cervantes .

Já reparei que vem para participar o que é muito bom, eu por exemplo sou um dos utilizadores deste forum que pensa um dia em entrar na modalidade, a sua ajuda irá ajudar em muito os que o querem fazer no futuro. Porque não é uma modalidade muito conhecida em Portugal e tem alguns aspectos que deveram ser descritos por quem sabe e quem participa nela.

Nem sabia que havia uma página mesmo sobre TREC. :D

Cumprimentos.
Filipe Nunes

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

TREC

#3 Mensagem por João dee Deus » terça dez 13, 2005 1:04 pm

Cervantes

As minhas boas vindas também.

Na sequência da nossa conversa na Expo,a sua colaboração vai tornar-se fundamental,e como já o Nunes notou,o amigo Cervantes veio para ficar.

Agora precisamos saber tudo.Tudo acerca do TREC.
É uma tarefa das grandes a que lhe está reservada,porque o pessoal aqui do Forum tem todas as dúvidas possíveis.
Sujeria que abrisse tópicos de Legislação,técnicas,processos de classificação,calendário de provas,e de classificações,etc.

Estou ao dispôr naquilo que puder ajudar,pois fiquei entusiasmado e muito bem impressionado com a pessoa do Cervantes.

Coragem frontalidade e auto-estima,foi o que caracterizou D. Quixote e também o nosso Marquês de Marialva.
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Avatar do Utilizador
cervantes
Monitor de Equitação
Mensagens: 465
Registado: segunda dez 12, 2005 8:19 pm
Localização: Londres / Porto
Contacto:

#4 Mensagem por cervantes » terça dez 13, 2005 8:55 pm

Caro Amigo João de Deus,

Fico muito honrado pela simpatia que conquistei junto do meu caro amigo (apesar de achar não ser merecedor de comparações com Cervantes ou Marialva). O saber de experiência feito sempre teve o seu lugar na historia, apesar das estorias que o contradigam. Não sou, por formação e pela propria vida, demasiado empirista, tenho consciência (e cada vez mais), de que o know how resultado da vivência e da experimentação é condição primaria para o desenvolvimento pessoal, humano e profissional.
Não é por acaso que ainda hoje existem sociedades baseadas neste saber, algumas delas lideres mundiais em tecnologia. O respeito pelos conhecimentos adquiridos é pedra basilar de muitas sociedades niponicas e do extremo-oriente em geral, (pelas quais sou apaixonado e visito sempre que a carteira me permite), não so daquelas consideradas terceiro-mundistas.
Todos nos temos muito a apreender com pessoas com o meu caro amigo (diplomado pela experiência, como se apresenta). Acredito no entanto, que não devemos também menosprezar ou ignorar o chamado "saber livresco". Ambos se complementam, o que é preciso, necessario mesmo é descobrir a amizade entre ambas as correntes. O saber "livresco" não é mais do que a tradução em codigo - escrita ou outro - das vivências e pensamentos de nossos semelhantes. O diploma-papel não é mais (na minha opinião), do que o reconhecimento destes pela "atitude" do proximo. O que é importante é conseguirmos a honestidade e a clareza de espirito para o distinguir, tarefa dificil nos dias que correm. Em particular refiro-me à nossa conversa da expo, o meu amigo João de Deus conhece o cavalo à perto de meio seculo, trabalha com ele diariamente, formou certamente centenas de cavaleiros, passeia com eles na região que conhece como a palma da mão, qual carta topografica ou GPS! O diploma-papel neste caso (e em tantos outros por Portugal fora), não é mais do que a certificação desta realidade. Mas é por ai que temos de caminhar. Pela formação profissional, quer de docentes, quer de profissionais - desde ferradores a mestres. A Qualidade dos serviços que prestamos deve ser reconhecida e certificada, mas, certificada pelo proprio Estado, por todos nos. Devemos evoluir pela dignidadade da nossa profissão, o diploma dos agentes da equitação deve ser no futuro um Diploma Estatal, não entendo como para conduzir um taxi é necessario um Certificado de Aptidão Profissional e para se ser docente de equitação ou acompanhante de turismo equestre baste um certificado meramente federativo. Mas este assunto podera ser mote para uma discussão mais alargada.
No fim deste dia, cumpre-me agradecer a sua particular presença neste espaço e aguardar pela continuidade do verdadeiro serviço publico que o meu amigo tem prestado ao escrever as suas linhas de informação, que são também de formação.

Cumpriementos cavaleiros,

Virgilio Cervantes

PedroCruz
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 83
Registado: terça out 18, 2005 11:27 am
Contacto:

#5 Mensagem por PedroCruz » terça dez 13, 2005 9:11 pm

Bem vindo Sr.Cervantes!
A sua chegada ao forum,vai de certeza ser muito construtiva e instrutiva para todos nos!
Eu sou de Arcos de Valdevez e frenquento a equivaldevez.Penso que o senhor,como dirigente associativo do turismo equestre e trec,deve provavelmente conhecer!
Melhores comprimentos!

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

TREC

#6 Mensagem por João dee Deus » terça dez 13, 2005 9:24 pm

Cervantes

É certo o que me diz,e aprecio o seu agrado pela filosofia Oriental.

É coerente com a apreciação e respeito pela Natureza.

Confesso,e o pessoal aqui do forum sabe,que quando aqui cheguei tinha relutância pelos diplomas,talvês por recalcamentos adquiridos ao longo de uma vida de out-sider em relação ao maneio das lides Equestres em Portugal.

Agora como todos aqui sabem,estou a credenciar-me ao nível do que me for possível,e o impossível ainda não chegou.

Claro que estou sempre salvaguardado pela minha actitude em relação às conclusões que vou tirando,estando sempre pronto para uma alteração,e esta é uma delas.

Saudações Marialvas,que se confundem com a atitude dos Samurais.
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Avatar do Utilizador
cervantes
Monitor de Equitação
Mensagens: 465
Registado: segunda dez 12, 2005 8:19 pm
Localização: Londres / Porto
Contacto:

#7 Mensagem por cervantes » terça dez 13, 2005 9:34 pm

Caro Pedro Cruz,

Este "reply" foi quase on-line. O que é muito bom. Devemos fazer deste forum o ponto de encontro dos amantes de TE/TREC. Quantos mais... mais força!...
Conheço perfeitamente a Equivaldevez e os seus profissionais, alias tenho o prazer de ter conhecido o Adriano e o Carlos em terras Francesas, quando da formação de Acompanhante de Turismo Equestre. Eles também são pioneiros do TREC em Portugal, possuem uma das mais belas pistas de PTV (percurso em terreno variado) nacionais.
Quanto a Arcos de Valdevez... morro de inveja! Lugar dos mais agradaveis que conheço para a pratica de TE, não é à toa que foi o lugar escohido para a realização do exame do primeiro curso de Acompanhantes de TE realizado em Portugal (ANTREC/FEP-ENE).
Portugal, é todo ele (como diz na canção de Alberto Ribeiro).

Cumprimentos Cavaleiros,

Virgilio Cervantes

PedroCruz
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 83
Registado: terça out 18, 2005 11:27 am
Contacto:

#8 Mensagem por PedroCruz » terça dez 13, 2005 9:47 pm

Caro cervantes,
Tive oportunidade de ver fotos do curso em frança que o Carlos e o Adriano fotografaram!Talvez ate algumas tenham sido tiradas por si?Eu conheço perfeitamente a pista e até já lá dei umas "voltas"!
Fico muito contente por conhece-lo e ate penso que este magnifico fórum poderá servir para futuros encontros!Talvez o carlos e o Adriano se juntem tambem ao forum!Saudações

Avatar do Utilizador
cervantes
Monitor de Equitação
Mensagens: 465
Registado: segunda dez 12, 2005 8:19 pm
Localização: Londres / Porto
Contacto:

#9 Mensagem por cervantes » terça dez 13, 2005 10:15 pm

Estou certo da mais valia da presença do Carlos e do Adriano (e de todos os outros profissionais formados pelo CNTE da FFE) neste forum. Assim como de todos os intervenientes na equitação de exterior, desde profissionais a juizes de terreno, passando por praticantes e concorrentes de TREC.
Falem bem ou mal do TE/TREC o importante é falarem... depois ca estaremos, sempre numa atitude pedagogica e informativa, para esclarecer e apreender.

Cumprimentos cavaleiros,

Virgilio Cervantes

Responder

Voltar para “TREC e Turismo Equestre”