A "Indústria" Turismo Equestre

Fórum da modalidade e de Turismo Equestre

Moderadores: Filipe Graciosa, Mena, cervantes

Responder
Mensagem
Autor
Mena
Iniciado
Mensagens: 11
Registado: quarta dez 14, 2005 12:21 pm

A "Indústria" Turismo Equestre

#1 Mensagem por Mena » quarta dez 14, 2005 12:40 pm

Caros Amigos (amantes do cavalo em Plena Natureza),
Assim que tomei conhecimento deste fórum e do interesse manifestado pelas pessoas que até agora têm participado, decidi que não podia deixar de entrar.
Em conjunto com o meu amigo e companheiro de luta, Virgílio Cervantes, desde 2003 que andamos a batalhar pelo desenvolvimento do Turismo Equestre em Portugal.
O nosso país possui as condições ideias para a criação de uma verdadeira "Indústria" que promova e explore o produto TURISMO EQUESTRE - temos excelentes Cavalos, lindas Paisagens, sabemos Receber (com alojamentos e Gastronomia do melhor!) e temos pessoas que Gostam e Sabem de Cavalos).
A maior parte das pessoas não sabem, principalmente as entidades oficiais, que em Portugal já há pessoas que vivem só do Turismo Equestre!!! O TE é um negócio! E se apostarmos na qualidade - O TURISMO EQUESTRE É UM ÓPTIMO NEGÓCIO!!!!!
Em França, o expoente máximo do TE (há mais de 40 anos), haverá 1 milhão (!!!) de praticantes de TE ...
Sobre o TREC, a vertente desportiva do TE, falarei mais tarde, uma vez que na sua essência é muito interessante para os praticantes de TE, mas terá alguma dificuldade em entrar nas mentes dos frequentadores de centros hípicos, terão que fazer algumas randonnées primeiro para entrarem no espírito da modalidade ...
Para terminar peço que se juntem a nós na ANTREC (antrec.no.sapo.pt) para o desenvolvimento e projecção nacional e internacional do Turismo Equestre.
Fernando Mena
Profissional de Turismo Equestre

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

Re: A "Indústria" Turismo Equestre

#2 Mensagem por João dee Deus » quarta dez 14, 2005 2:47 pm

Caro Mena

Bem vindo ao fórum,e a estas lides.

Já há anos que me dedico ao TE, e posso prever que um dia será a tal Industria de que fala.

Entretanto penso contribuir para a divulgação do TE/TREC, especialmente cativando aqui o pessoal do Fórum.

Nesse sentido,e depois das pessoas deste fórum se fazerem sócias da ANTREC para poderem beneficiar da situação, ponho as minhas instalações às ordens da Associação para eventos de divulgação que nela queiram organizar.
Para isto, se fosse possível, as condições de desconto que haviam na Expo para se fazerem sócios, poderiam ser extensíveis aos "Forenses", mas cabe à Associação decidir.

Não tenho empregados portanto cada um zelará pelo que tiver a seu cargo.

E como eu não faço favores a ninguém, cada evento custará à Associação 1€. :lol:

De momento é a minha contribuição.

Saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Avatar do Utilizador
cervantes
Monitor de Equitação
Mensagens: 465
Registado: segunda dez 12, 2005 8:19 pm
Localização: Londres / Porto
Contacto:

Re: A "Indústria" Turismo Equestre

#3 Mensagem por cervantes » quarta dez 14, 2005 6:26 pm

Amigo João,

Estou certo de que a sua oferta, que desde já agradecemos, será tema de discussão na próxima reunião de direcção da ANTREC.
A ANTREC é uma associação sem fins lucrativos que visa o desenvolvimento e promoção do TE/TREC. Congrega praticantes, simpatizantes, profissionais e através da Rede Nacional de Centros de Turismo Equestre, empresas e outras associações ligadas ao sector.

Para nos conhecerem melhor, proponho uma visita ao site ja referenciado pelo Mena - http://antrec.no.sapo.pt, onde poderão ser consultados os respectivos estatutos. A ficha de inscrição esta disponível para download, após preenchida poderá ser enviada por fax ou e-mail, juntamente com uma foto tipo passe. No entanto, as condições de admissão de associados (10€ de joia para particulares e 50€ para pessoas colectivas) estão alargadas até ao final da Feira do Cavalo de Desporto - CNEMA, onde contamos estar também presentes.

Cumprimentos cavaleiros,

Virgilio Cervantes

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

Re: A "Indústria" Turismo Equestre

#4 Mensagem por João dee Deus » quarta dez 14, 2005 6:48 pm

Ok Cervantes

Registamos essa informação, e todos os "forenses" que se quiserem inscrever na ANTREC, já sabem como o devem fazer, e as condições.

Devo realçar que como entusiasta da Modalidade, todos os colegas de fórum que eventualmente estejam interessados, podem, devem, e precisam de ser sócios para poderem usufruir das vantagens inerentes.

Há um projecto em realização, e como tal, são precisas aderências para o fortalecer.

Vamos pertencer a este grande movimento que será a definitiva implantação do TREC para todos em Portugal, com um numero de sócio que por ser baixo, nos dará o prestígio dos fundadores.

Saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Avatar do Utilizador
cervantes
Monitor de Equitação
Mensagens: 465
Registado: segunda dez 12, 2005 8:19 pm
Localização: Londres / Porto
Contacto:

Re: A "Indústria" Turismo Equestre

#5 Mensagem por cervantes » terça mai 30, 2006 10:26 am

Caro João de Deus,

Estamos a chegar ao sócio n°100! Numero que nesta área só deve ser suplantado pela quantidade de Juízes de TREC! :lol: :lol: :lol:
Vamos começar a pensar no sócio n° 200!

Cts TRECeiros,

Virgilio Cervantes

Avatar do Utilizador
cervantes
Monitor de Equitação
Mensagens: 465
Registado: segunda dez 12, 2005 8:19 pm
Localização: Londres / Porto
Contacto:

Re: A "Indústria" Turismo Equestre

#6 Mensagem por cervantes » quinta jan 25, 2007 6:27 am

Convido os meus amigos foristas a visitar o seguinte link:
http://www.ffe.com/?cs=06b2c85c405f915f ... 6f1dfc719e

L’Arc Méditerranéen du Tourisme Equestre (AMEDITE) - Ou o Arco Mediterrânico de Turismo Equestre.
Ora Bolas, Grandes Bolas... redondinhas e às corzinhas... tipo pintarolas!

Então e Portugal??? Não faz parte deste "eixo" mediterrânico???!!!

Pois é...

Não é só o TREC que é Turismo Equestre, mas isto não dá medalhas...

Cts TRECeiros,

Virgílio Cervantes

Avatar do Utilizador
Filipe Graciosa
Site Administrator
Mensagens: 1255
Registado: quarta out 29, 2003 8:27 pm
Localização: Lisboa, Portugal

Re: A "Indústria" Turismo Equestre

#7 Mensagem por Filipe Graciosa » domingo nov 22, 2009 11:53 pm

Caros Forenses,

No final deste final deste filme tem valores do potencial da industria do Turismo Equestre em Portugal

Marcas de Portugal Cavalos Lusitanos

Turismo Equestre está em expansão em toda a Europa
Alternativa estrategica para o Turismo de Portugal
Potencial 2 vezes e meia ao turismo do Golfe
No Reino Unido para 800.000 golfistas existe 2,4 milhões de cavaleiros
12 milhões de euros apenas na criação directa de cavalos
Portugal tem capacidade para receber 120.000 cavalos
Podia gerar entre 250 e 350 milhões de euros em receitas directas
Para além de criar 20.000 postos de trabalho
Em média cada 10 cavalos geram 2 postos de trabalho
Temos de acordar para esta grande marca
Cumprimentos
Filipe Graciosa Jr

Avatar do Utilizador
cervantes
Monitor de Equitação
Mensagens: 465
Registado: segunda dez 12, 2005 8:19 pm
Localização: Londres / Porto
Contacto:

Re: A "Indústria" Turismo Equestre

#8 Mensagem por cervantes » domingo abr 10, 2011 11:10 am

O Filipe no post anterior citou alguns factos e números que aqui transcrevo:

Turismo Equestre está em expansão em toda a Europa
Alternativa estratégica para o Turismo de Portugal
Potencial 2 vezes e meia ao turismo do Golfe
No Reino Unido para 800.000 golfistas existe 2,4 milhões de cavaleiros
12 milhões de euros apenas na criação directa de cavalos
Portugal tem capacidade para receber 120.000 cavalos
Podia gerar entre 250 e 350 milhões de euros em receitas directas
Para além de criar 20.000 postos de trabalho
Em média cada 10 cavalos geram 2 postos de trabalho
Temos de acordar para esta grande marca


Há cerca de 4 anos que tenho vindo a observar de perto a industria do Turismo Equestre do Reino Unido, tendo visitado diversos centros em Inglaterra, Gales e Escócia, assistido a algumas sessões de formação e observado diversas estratégias de marketing. Aqui não se brinca em serviço, o Turismo Equestre é considerado um negocio tão importante para a economia local e nacional como o comercio do Bacon ou o negocio do chá acompanhado da bolachinha de manteiga. E falo apenas e tão só do Turismo Equestre, vulgo, passeio a cavalo guiado. A industria equestre no todo, englobando as corridas de cavalos, apostas e media, cria e recria, ultrapassam o plano micro-económico e contribuem de forma directa e em percentagem muito razoável para o PIB deste Reino.

Infelizmente, no Reino Lusitano a industria do Turismo Equestre não é levada suficientemente a sério (salvo raras excepções, contadas pelos dedos das mãos e maioritariamente a sul do Tejo).
Penso que a mania das grandezas tem vindo a estragar o que poderia ser um grande negocio nacional.

Passo a explicar:
Meteu-se na cabeça de alguns responsáveis pelo Turismo Nacional de que o caminho do futuro será o Golfe e o Al(l)garve, tem de ser... Portugal até já foi considerado o melhor destino de Golfe do Mundo pela organização “não sei das quantas” e por algumas daquelas revistas internacionais que são escritas para os pobres mas que falam sobre a vida dos ricos...

Dhaa! Acordem lá! Portugal também já teve muitos marinheiros a descobrir mundo e hoje em dia já nem os pescadores das Caxinas vão ao mar. Mudam-se os tempos, mudam-se as estratégias. Ou, pelo menos assim devia ser.

Continuo a acreditar que o turismo será uma das (poucas) tábuas de salvação que Portugal pode vir a agarrar, mas que fugirá na corrente se continuarmos a não querer mexer os braços e nadar um pouco para a alcançar. Alguém terá de começar a levar muito a serio a promoção do nosso Turismo Equestre e do nosso Turismo de Natureza, quer a nível de mercado interno quer a nível de mercado externo.

Tomem este exemplo:

Encontro-me a residir em Inglaterra, se quiser passar um fim-de-semana com a minha família num B&B que ofereça Passeios a cavalo, por exemplo no Lake District (http://www.lakelandponytrekking.co.uk/index.htm, terei de puxar da minha carteira pelas seguintes notas:

Comboio: £125,00 pp
B&B: £70,00 pp
Passeios a cavalo: £70,00 pp
Restaurantes: £70,00 pp

Assim, conto gastar no mínimo £355,00 pp, o que no meu caso e considerando a família de 5 pessoas que somos, este fim-de-semana equestre custaria a quantia de £1.775,00 ou seja 2.024,00 Euros.

Agora imaginem que em vez de escolher o Lake District eu escolhia o Gerês (http://www.quintadofijo.eu/site/?lang=pt-PT:

Ryanair: £50,00 pp
Comboio: £30,00 pp
B&B: £70,00 pp
Passeios a cavalo: £90,00 pp
Restaurantes: £70,00 pp

Neste cenário conto gastar cerca de £310,00 pp, ou seja, £1.550,00 (1.767,00 Euros no total).
Valor sensivelmente abaixo daquele que gastaria sem sair desta ilha e com as seguintes vantagens:

Maior probabilidade de encontrar bom tempo.
Garantia de ir encontrar uma das melhores gastronomias do mundo.
Garantia de estar a viajar para um pais socialmente estável e seguro.

Etc. etc. etc...

Prova provada de que o nosso Turismo Equestre pode ser competitivo, digo mais: - prova provada de que o nosso turismo equestre já é competitivo.

Partilho da opinião do Filipe, também penso que está na hora de acordar. Os congressos são importantes mas mais importante é o resultado destes, o dar seguimento, o implementar, o fazer coisas! Mais importante que o dizer, é o fazer. E, infelizmente, não vejo nada a ser feito.
Continuo a ver concentração de sinergias, apoios e dinheiro no golfe e no Al(l)garve e pouco (para não dizer nada) em relação ao Turismo Equestre e ao Turismo de Natureza. Continuo o verificar a apatia generalizada entre os empresários, a falta de ideias, a falta de união.

VAMOS LÁ ACORDAR! Temos de esgravatar, criar oportunidades, vender o nosso sol, os nossos montes, a nossa comida, os nossos cavalos...


Cumprimentos Cavaleiros,

V Cervantes

João Valenças
Ajudante de Monitor de Equitação
Mensagens: 81
Registado: sexta fev 02, 2007 12:33 pm

Re: A "Indústria" Turismo Equestre

#9 Mensagem por João Valenças » domingo nov 25, 2012 8:11 pm

Mais dados que podem ser interessantes:
Turismo equestre é a nova aposta
O cavalo é visto como trunfo para atrair turistas, eventos e investidores. O potencial do turismo equestre em Portugal está avaliado em 550 milhões de euros.

Conceição Antunes
10:20 Sábado, 14 de julho de 2012
http://expresso.sapo.pt/turismo-equestr ... ta=f739588

Responder

Voltar para “TREC e Turismo Equestre”