Diferenças entre o Curso de Santarém e o de Elvas

Fórum do Tema

Moderador: Filipe Graciosa

Responder
Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
Filipe Graciosa
Site Administrator
Mensagens: 1255
Registado: quarta out 29, 2003 8:27 pm
Localização: Lisboa, Portugal

Diferenças entre o Curso de Santarém e o de Elvas

#1 Mensagem por Filipe Graciosa » quarta dez 13, 2006 1:36 pm

Gostaria que dessem as vossas opiniões sobre as diferenças entre os cursos de Equinicultura das escolas:

- Escola Superior Agrária de Santarém
- Escola Superior Agrária de Elvas

Cumprimentos
Filipe Graciosa Jr

AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#2 Mensagem por AnaE » quarta dez 13, 2006 6:11 pm

Aí está uma coisa que eu também gostava de saber...

Frederico Mexia
Espectador
Mensagens: 5
Registado: domingo set 18, 2005 8:50 pm

Opinião entre o curso de Santarem e o curso de Elvas!!

#3 Mensagem por Frederico Mexia » quinta dez 14, 2006 2:00 am

Sou Aluno do curso de Santarém há 7 anos, e tenho alguns amigos a frequentar o curso de Elvas.
Vejo algumas diferenças e termos da parte teórica ou seja existem cadeiras de Santarém que não há em Elvas e de Elvas que não há em Santarém por isso os Cursos não são equivalentes e a meu ver não deviam ter o mesmo Nome mas enfim!!
Na parte pratica então não vou dizer se é melhor ou pior vocês mesmo compararem, a Escola Superior Agrária de Santarém é neste momento um pólo da Escola Nacional de Equitação de nível 4 estrelas ou seja pode formar profissionais até ao de sela 9 grau de instrutor desta escola já saíram cerca de 7 instrutores e 15 monitores de equitação e alguns ajudantes de monitor.
Todos os Alunos tem de completar um CNC preliminar uma prova de ensino grau M e uma prova de obstáculos a 1.15cm a fim de terminarem a cadeira do terceiro ano do curso de equinicultura, eu sei que no Curso de Elvas a pratica de equitação e bastante reduzida e de difícil coordenação para alunos porque não é em Elvas etc.., mas vejamos este curso só tem uma saída profissional ao contrário das ilusões criadas pelos seus fundadores é ser profissional de cavalos como cavaleiro tratado ferrador, transportes, gestor.
Por isso penso que o curso de Santarém esta melhor construído de modo a dar mais formação na área que realmente vai ser utilizada como profissão.
Penso que fui explicito desculpem se chateei muito mas acho que é fundamental que todos percebam que os dois cursos NÃO TEM NADA A VER.

Bjs e Abçs MEXIA

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#4 Mensagem por João dee Deus » quinta dez 14, 2006 3:33 am

Frederico

Gostei da tua explicação mas gostava ainda mais que nos falásses de CCE.

Há muita coisa por dizer e até agora que eu saiba és o unico que "exerce"....por enquanto...digo eu.

saudações marialvas e espero que nos/me ajudes com o teu saber.
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#5 Mensagem por AnaE » quinta dez 14, 2006 6:18 am

pois.... tal como eu imaginava. Foi esclarecedor... definitivamente a opção por Elvas é obscura. Mas até pode ser mais fácil para quem tenha poucos meios ou menor habilidade... e assim talvez consiga preencher mais vagas. É um critério algo triste este das vagas...

...ou então pode ser que Santarém surja completamente integrado na ENE e com outro enquadramento "legal" e provavelmente "diferente" no valor das propinas.

...só peço que se lembrem da ideia de uma pós-graduaçãozinha... para "nós" amadores interessados!

:shock:

luis pedro
Mestre de Equitação
Mensagens: 1146
Registado: domingo mar 19, 2006 8:16 am

#6 Mensagem por luis pedro » quinta dez 14, 2006 7:57 am

Olá,

Até agora, que eu saiba, só Santarem é tem formado cavaleiros, Elvas forma "agricultores" com conhecimentos sobre cavalos.

Luis Pedro

António Andrade Vicente
Mensagens: 3
Registado: quarta dez 13, 2006 11:11 pm
Localização: Santarém

Algumas diferenças entre EQUINICULTURA em Elvas e Santarém

#7 Mensagem por António Andrade Vicente » quinta dez 14, 2006 6:42 pm

Caros frequentadores do Portal Equestre da Cavalonet.

A pedido do J Filipe Graciosa vou tentar dar uma ajuda e algumas explicações em relação ao Curso de Equinicultura em Santarém na Escola Superior Agrária visto ser professor do referido Curso de Licenciatura. Como devem imaginar penso que seria de mau tom apontar defeitos em Elvas e virtudes em Santarém pelo que vou somente tentar fornecer algumas informações do curso em Santarém. Se quiserem fazer uma comparação mais profunda podem sempre consultar os sites dos referidos cursos onde a estrutura curricular, objectivos e principal perfil estão discriminadas.

Os principais objectivos em Santarém são de formar técnicos muito bem habilitados para enfrentar o cada vez mais exigente mercado equestre em Portugal e no Mundo. Para isso os alunos recebem uma sólida formação na parte da criação e maneio de equinos a par de uma componente bastante forte e mais importante de equitação e formação profissional em equitação (Aj. Monitor, Monitor e Instrutor) pois pensamos que ninguém vai querer um funcionário se for bom em muita coisa mas não souber montar a cavalo, dar aulas com qualidade e gerir uma Coudelaria/ centro de produção cavalar.

Para tal temos a sorte de ter as instalações da Coudelaria Nacional (CN) e um protocolo celebrado usufruindo de todos os seus recursos (cavalos, instalações, técnica reprodutiva, práticas de maneio, ...). Desta forma os alunos são responsabilizados por trabalhar e mostrar serviço com 1, 2 ou 3 cavalos da CN que lhes são entregues em exclusivo, para além de montada própria a partir do 2º ano do curso. Só assim podem ter prática de ajudas, colocação em sela e nas 3 modalidades olímpicas (dressage, saltos e cce). Os alunos devem montar os seus animais em competição como tem acontecido com muito boas prestações e até mesmo medalhas a nível nacional!! A par de tudo isto com mais de 100 cabeças na CN devem imaginar a quantidade de actividades que decorrem desde desmames, ferras, maneio reprodutivo que tem oportunidade de praticar.

Além disto tudo temos também realizado algumas demonstrações com sucesso de reprises de conjunto nomeadamente na Golegã, Salão do Cavalo em Santarém, Évora,... Penso que desta forma se consegue preparar com qualidade os futuros profissionais e até mesmo actuais no ramo equestre. A prova dada são a quantidades de carteiras profissionais atribuídas como o Frederico Mexia referiu e ainda a empregabilidade de 100% deste curso.

Sempre ao dispor para qualquer esclarecimento
Saudações equestres

TâniaBaridó
Espectador
Mensagens: 7
Registado: segunda jan 08, 2007 2:58 am
Localização: Elvas

#8 Mensagem por TâniaBaridó » domingo jan 14, 2007 7:23 am

luis pedro Escreveu:Olá,

Até agora, que eu saiba, só Santarém é tem formado cavaleiros, Elvas forma "agricultores" com conhecimentos sobre cavalos.

Luis Pedro
Boas!
Será impressão minha ou existe realmente alguma picaria sobre Santarém/Elvas???
O facto é este- este ano não existe sequer curso em Santarém! Para que estar com tanta coisa???
E caro Luís desculpa-me que te diga mas, neste momento, e se quiseres entrar por essa via, então podes é dizer que Elvas forma enfermeiros veterinários com maior conhecimento de cavalos. O que estás a dizer era verdade para o curso de PUC,que, como deves saber foi reestruturado.
Elvas apresenta um curso com menor especificidade relativamente ao meio hípico. Não temos as disciplinas de desbaste (apesar de montarmos poldros de 4 anos e só fazermos desbaste), nem uma componente de siderotecnia tão aprofundada (o que eu não me importo visto não ter grande vocação para ferradora), nem exterior e comportamento do cavalo, nem temos as disciplinas que são ministradas em Santarém a um nível tão aprofundado. Principalmente não temos 2 coisas importantíssimas- só montamos 2x por semana (cerca de uma hora e meia de cada x) e não temos a CN no pátio traseiro da escola!
Mas agora, caro Luís, pergunto-te eu:
Qual deveria ser a verdadeira questão? Acabar com o curso ou MELHORAR SUBSTANCIALMENTE o curso?
Acabem com as picarias! Interessa que o panorama hípico português melhore e não que ande meio mundo a dizer que é melhor que o resto!
Para sumarizar esta é a minha opinião - realmente o curso em Santarém está MUITO melhor estruturado que o de Elvas,apresenta uma boa componente pratica, belíssimas condições, um efectivo de montadas disponíveis para as aulas que não pode haver melhor... enfim... Mas a questão neste momento é que Santarém não existe e não se sabe se voltará a existir!!! Para todos os efeitos quem quiser tirar equinicultura só tem uma opção- Elvas. Então não deveríamos estar a pensar no que pode ser feito para melhorar as condições de quem aí está???
Saudações
Tânia
”Tomou do leão a altiva arrogância, do tigre a extrema destreza, do cervo a velocidade do vento, da gazela o olhar terno e expressivo, do cão a fidelidade...e surgiu o cavalo”

luis pedro
Mestre de Equitação
Mensagens: 1146
Registado: domingo mar 19, 2006 8:16 am

#9 Mensagem por luis pedro » domingo jan 14, 2007 7:46 am

TâniaBaridó Escreveu:
luis pedro Escreveu:Olá,

Até agora, que eu saiba, só Santarém é tem formado cavaleiros, Elvas forma "agricultores" com conhecimentos sobre cavalos.

Luis Pedro
Boas!
Será impressão minha ou existe realmente alguma picaria sobre Santarém/Elvas???
O facto é este- este ano não existe sequer curso em Santarém! Para que estar com tanta coisa???
E caro Luís desculpa-me que te diga mas, neste momento, e se quiseres entrar por essa via, então podes é dizer que Elvas forma enfermeiros veterinários com maior conhecimento de cavalos. O que estás a dizer era verdade para o curso de PUC,que, como deves saber foi reestruturado.
Elvas apresenta um curso com menor especificidade relativamente ao meio hípico. Não temos as disciplinas de desbaste (apesar de montarmos poldros de 4 anos e só fazermos desbaste), nem uma componente de siderotecnia tão aprofundada (o que eu não me importo visto não ter grande vocação para ferradora), nem exterior e comportamento do cavalo, nem temos as disciplinas que são ministradas em Santarém a um nível tão aprofundado. Principalmente não temos 2 coisas importantíssimas- só montamos 2x por semana (cerca de uma hora e meia de cada x) e não temos a CN no pátio traseiro da escola!
Mas agora, caro Luís, pergunto-te eu:
Qual deveria ser a verdadeira questão? Acabar com o curso ou MELHORAR SUBSTANCIALMENTE o curso?
Acabem com as picarias! Interessa que o panorama hípico português melhore e não que ande meio mundo a dizer que é melhor que o resto!
Para sumarizar esta é a minha opinião - realmente o curso em Santarém está MUITO melhor estruturado que o de Elvas,apresenta uma boa componente pratica, belíssimas condições, um efectivo de montadas disponíveis para as aulas que não pode haver melhor... enfim... Mas a questão neste momento é que Santarém não existe e não se sabe se voltará a existir!!! Para todos os efeitos quem quiser tirar equinicultura só tem uma opção- Elvas. Então não deveríamos estar a pensar no que pode ser feito para melhorar as condições de quem aí está???
Saudações
Tânia
Olá Tânia,

O curso de Santarém não acabou, contínua a funcionar, não abriu para novos alunos.

Em toda a minha vida (já não é muito curta) só entrei uma vez na escola de Santarém e ao fim de semana.

Relativamente à componente equestre do seu curso veja bem o que acerca dele escreveu (neste seu post) e compare com o POFFE, verificará as enormes lacunas existentes.

Luis Pedro

TâniaBaridó
Espectador
Mensagens: 7
Registado: segunda jan 08, 2007 2:58 am
Localização: Elvas

#10 Mensagem por TâniaBaridó » domingo jan 14, 2007 8:35 am

Desculpa mas acho que me entendeu mal!
O curso continua a funcionar... Mas que raio é que isso me interessa se não abriu para novos alunos??? Acho que é optimo...para quem já lá está!
E mais uma vez volto a referir- os cursos não são sequer comparaveis e para acabar seria o de Elvas e não o de Santarem! A minha questão é que realmente isso não interessa. A realidade actual é que o curso de elvas continua de portas abertas para novos alunos e o de santarem não e não há qualquer indício, segundo dirigentes do próprio curso, que vá voltar a abrir as portas!
My point- è melhor um com uma componente marcadamente mais fraca que apoie as pessoas que estão na mesma situação que eu do que nada! E estando nós nesta situação o que deveria estar a ser comentado é uma forma de apoiar quem cá TEM de estar. Acreditem que o curso não está asiim por vontade dos alunos!
E peço as mais humildes desculpas por ter presumido que seria aluno de Santarem :D mea culpa
Saudações
Tânia
”Tomou do leão a altiva arrogância, do tigre a extrema destreza, do cervo a velocidade do vento, da gazela o olhar terno e expressivo, do cão a fidelidade...e surgiu o cavalo”

luis pedro
Mestre de Equitação
Mensagens: 1146
Registado: domingo mar 19, 2006 8:16 am

#11 Mensagem por luis pedro » domingo jan 14, 2007 9:06 am

Olá Tânia,

Está a fazer uma "tempestade num copo de água", algumas pessoas (onde me incluo) manifestaram-se acerca da não admissão de alunos (equinicultura) em Santarém e fizeram-se comparações, com a quais a Tânia até concordou na generalidade, entre os cursos com o mesmo nome ministrados em Elvas e Santarém.
Não defendo o encerramento do curso em Elvas, acho muito bem que continue mas o facto de continuar e "sem concorrencia" não o torna automáticamente melhor nem deixa de ter defeitos e lacunas para quem pretender ser instrutor de equitação mas pode formar excelentes equinicultoristas.

Luis Pedro

TâniaBaridó
Espectador
Mensagens: 7
Registado: segunda jan 08, 2007 2:58 am
Localização: Elvas

#12 Mensagem por TâniaBaridó » domingo jan 14, 2007 11:22 am

Caro Luis
:lol: Acho que mais uma x me compreendeu mal! Não estou a fazer qualquer tipo de tempestade... Estou sim a manifestar a minha preocupação pelo facto de neste momento quem quiser enveredar por equinicultura ter de se contentar pelo curso ministrado em Elvas.
Creio que em linhas gerais concordamos os dois em tudo o que dissemos... se calhar não concordo é com a forma como expoe algumas coisas :lol: e não posso concordar com a afirmação que elvas forma agricultores! forma tb monitores!
Mais uma opinião pessoal - o problema deste curso aqui em elvas nem se prende tanto com a pratica de equitação mas sim com a falta de bases em disciplinas voltadas para o melhoramento equino, selecção e reprodução (por isso dizia que nos fazia falta a CN no patio da escola).
Preocupa-me realmente o facto de Santarem poder não mais abrir as portas pois seria triste pensar que portugal não tem espaço, nos seus programas educacionais, para quem quer estar agarrado ao cavalo na sua vida profissional. E por isso novamente a pergunta: nao seria melhor estarmos a discutir o que poderia ser feito para melhorar o curso em Elvas do que a assinalar as diferencas entre os 2? Eu sou a primeira a afirmar que as diferenças são mais que notorias...são gritantes!
Saudações
Tânia
”Tomou do leão a altiva arrogância, do tigre a extrema destreza, do cervo a velocidade do vento, da gazela o olhar terno e expressivo, do cão a fidelidade...e surgiu o cavalo”

Rogers
Monitor de Equitação
Mensagens: 441
Registado: sexta jun 23, 2006 5:28 am
Localização: Inglaterra
Contacto:

#13 Mensagem por Rogers » segunda jan 15, 2007 5:58 am

Tânia, Bem Vinda!

Eu sou uma ex-aluna do curso de str, quando eu entrei e os 3 anos que eu lá andei, foi sempre dito e escrito que o curso só tinha capacidade de abrir de 3 em 3 anos, mas sempre que possivel iriam abrir mais vezes e isto foi feito desta maneira para poder manter as condições de ensino, pois se houvesse demasiados alunos ia haver falta de cavalos, falta de espaço para cavalos próprios e falta de qualidade nas aulas práticas.
Eu acho que é de louvar o facto que conseguiram abrir as portas mais vezes do que estava inicialmente planeado, agora estarem todos a mandar bocas por não abrir todos os anos acho que já é um exagero. Se fores a ver os anos em que abriu vais ver que isto não é a primeira vez que não abre e não é por isso que deixa de existir e vai fechar.

Tem calma!
Nunca desistir, por muito dificil que seja que um dia...havemos de vencer!

Responder

Voltar para “Cursos Universitários”