O caso do Estribo Prateado

Fórum da modalidade

Moderadores: Filipe Graciosa, APD

Mensagem
Autor
alegrete
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 224
Registado: quarta ago 24, 2005 6:44 pm
Localização: Almeirim
Contacto:

#46 Mensagem por alegrete » domingo dez 24, 2006 7:24 am

antes de seul??
o propriatario do cavalo (jalisco B ) que o mmc levou a seul era portugues!
eu acredito qye possa haver um cavaleiro portugues que faça 2 ou 3 concursos a nivel mundial mas que faça a tornee toda ???? nao me parece ... :?
O ensino da cavalo é o melhor complemento da educação de um Homem. Em equitação, o que os olhos vêem só a mão sabe!”- João Núncio

luis pedro
Mestre de Equitação
Mensagens: 1146
Registado: domingo mar 19, 2006 8:16 am

#47 Mensagem por luis pedro » domingo dez 24, 2006 9:34 am

Olá Duarte,

Sim muitos anos antes de Seul.

Luis Pedro

André Antunes
Sela 01
Mensagens: 32
Registado: quarta jan 03, 2007 5:15 am
Localização: Lisboa

#48 Mensagem por André Antunes » quarta jan 03, 2007 5:27 am

e impossivel criar um desses cavalos ca em portugal porque nem o clima nem as pastagensw nem a genetica sao iguais aos de la de fora!!!
A genética importa-se...
... e as pastagens trabalham-se!

O Luís Sabino tem criado cavalos de grande qualidade, e inclusive vendido ao Nelson e ao Rodrigo Pessoa, como bem sabes.

Gostava de saber quantos criadores de cavalos em Portugal, fazem análises às pastagens, para saber os componentes das mesmas, para depois darem complementos vitaminicos aos poldros...
... quantos? 1, 2?

A diferença está aí...
... Portugal não é todo seco, ainda não somos Marrocos :)

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#49 Mensagem por João dee Deus » quarta jan 03, 2007 5:49 am

Então estão os dois a dizer o mesmo...quando há uma coizinha boa...vai lá para fora...do Sabino ou de outro qualquer..

saudações marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

luis pedro
Mestre de Equitação
Mensagens: 1146
Registado: domingo mar 19, 2006 8:16 am

#50 Mensagem por luis pedro » quarta jan 03, 2007 7:05 am

Olá João,

Isso deve ser trauma, "quando há alguma coizita boa... vai lá para fora..."
Se todo o vinho do Porto fosse para consumo exclusivo em Portugal havia de ser bonito.

Luis Pedro

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#51 Mensagem por João dee Deus » quarta jan 03, 2007 7:31 am

Luis

Sabe que os traumas teem todos uma razão de ser....que diga a cavaleira que teve o 1º lugar anunciado e festejado,e depois foi "empurrada" para o 2ª.
Possivelmente escorregou e ninguem a amparou...sei lá...isto digo eu...que cheguei agora.
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

luis pedro
Mestre de Equitação
Mensagens: 1146
Registado: domingo mar 19, 2006 8:16 am

#52 Mensagem por luis pedro » quarta jan 03, 2007 8:13 am

Olá João,

Não está a querer insinuar que isso se deve ao facto de a tal cavaleira ter de montar um cavalo alemão por os bons nascidos em Portugal terem sido vendidos paa fora - só faltava essa.

Luis Pedro

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#53 Mensagem por João dee Deus » quarta jan 03, 2007 8:26 am

Luis

Qual cavalo..?nem sei que cavalo ela montava...!!!
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

André Antunes
Sela 01
Mensagens: 32
Registado: quarta jan 03, 2007 5:15 am
Localização: Lisboa

#54 Mensagem por André Antunes » quarta jan 03, 2007 5:53 pm

Eu não percebo porque entendem que exportar cavalos é mau.
Em França exporta milhares de cavalos ao ano, inclusive alguns dos melhores.

O problema é que Portugal tem dois problemas:
O primeiro é que não compensa aos profissionais ter cavalos de qualidade nas nossas pistas. É ridiculo ter cavalos de 100.000 euros para cima, para disputar prémios de 500 euros.

O segundo problema é que a criação de cavalos de qualidade ainda é limitada em termos de quantidade.
Já se tem assistido a grandes evoluções nos últimos anos, mas estamos a anos luz de países como por exemplo a França, Bélgica, Holanda, Alemanha, Irlanda.

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#55 Mensagem por João dee Deus » quarta jan 03, 2007 9:26 pm

André

Se eu tivesse um cavalo de nivel internacional metia-o nas mãos de quem estivesse à altura e então poderia ir para as provas com premios ao seu nivel....não precisava de o vender.

saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

André Antunes
Sela 01
Mensagens: 32
Registado: quarta jan 03, 2007 5:15 am
Localização: Lisboa

#56 Mensagem por André Antunes » quinta jan 04, 2007 2:29 am

Imagine este cenário...

... o dono é um cavaleiro à altura, mas não é rico o suficiente para andar em concursos internacionais por essa europa fora durante 6 meses por ano.
(porque isso tb custa muito $$)

Se o dono for profissional e precisar de rendimentos dos cavalos, só tem uma solução, que é vender!

AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#57 Mensagem por AnaE » quinta jan 04, 2007 3:03 am

Talvez essa seja a solição mais fácil, mas imagino que possa também arranjar um patrocinio que lhe permita participar em algumas provas no exterior. Ou então muda-se para onde acontecem as coisas... nenhuma das soluções é fácil.

Vender cavalos não tem mal nenhum... até revela alguma honestidade, visto não ser possível aproveitar o seu potencial por cá.

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#58 Mensagem por João dee Deus » quinta jan 04, 2007 3:25 am

André

"O dono é um cavaleiro à altura"...a que altura.?...para ir lá fora(não à Galiza) e fazer bons resultados.?

Nesse caso cá ganharia tudo, sempre, e de muito longe, e até dava raiva vê-lo entrar em pista... :roll: onde os patrocionadores apareciam logo em sequencia,tanto nacionais como estrangeiros.

saudações marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

André Antunes
Sela 01
Mensagens: 32
Registado: quarta jan 03, 2007 5:15 am
Localização: Lisboa

#59 Mensagem por André Antunes » quinta jan 04, 2007 6:22 am

Portugal tem três cavaleiros activos, que já foram olimpicos na modalidade de obstáculos.
Isto sem mencionar outros cavaleiros que já mostraram qualidade para competir ao mais alto nível.

O problema é que mesmo que um cavaleiro ganhe "tudo" em Portugal, continua sem ter rendimentos para suportar um "cavalo" de alta competição.

Ir para o estrangeiro é sempre uma boa ideia, mas quem é que vai pagar as contas da aventura?

Patrocinios?
Os que há (que são poucos) devem-se à paixão de alguns proprietários portugueses, e não dependem da qualidade dos cavaleiros patrocinados.

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#60 Mensagem por João dee Deus » quinta jan 04, 2007 7:12 am

André

Os olimpicos já nem são referidos nos curriculos e comentarios internacionais sobre hipismo.Há provas de referencia mais importantes no calendario internacional.Por outro lado esse facto de ter sido olimpico faz uma grande sombra...

Mas percebo o que queres dizer e continuo a pensar que nos falta uma certa"crueldade competitiva" e não é exclusiva da equitação.

Já tivemos varios campeões com problemas de afirmação e auto estima,especialmente no atletismo,e no hipismo acho de uma maneira geral pouco agressividade no minimo e para não melindrar.
Quando eram os militares que estavam no top,notava mais agressividade e querer,e aralelamente com outras atitudes menos boas que já referi,por vezes vi-os zangados e descontentes com a sua actuação.
Agora parece que mesmo que corra mal...."podia ser pior"...é um pouco a cultura do medíocre.

Saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Responder

Voltar para “Ensino”