Desbaste e Cavalos

Fórum da modalidade

Moderadores: Filipe Graciosa, APD

Mensagem
Autor
AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#31 Mensagem por AnaE » terça out 24, 2006 5:42 pm

Quando houverem essas condições que dizes,já não se consegue encontrar o Alentejo de que falamos agora.
O Alqueva vai demonstrar o que acabo de dizer.

pois não :( .... dentro de pouco anos já só haverá nichos de autenticidade. Provavelmente haverá imensos "centros de interpretação" e guias para nos mostrar como era antes.

...é pena... mas quem viveu, viveu... quem não viveu nem vai perceber do que se está a falar. Desde que lhes`continuem a por à frente umas garrafas de vinho "bottled in Alentejo" e uns secretos de porco "ibérico". :roll:

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#32 Mensagem por João dee Deus » terça out 24, 2006 8:20 pm

AnaE

É como dizes e por isso é que é de aproveitar agora,mesmo sem ofertas do trabalho para os quais fomos preparados ou mesmo apenas queles que ambicionamos nos parametros que vemm nos ctálogos.

Não há almoços gratis e portanto á que sacrificar algumas coisas...mas sabes bem que vale a pena :wink:

saudações marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#33 Mensagem por João dee Deus » terça out 24, 2006 8:50 pm

Há aí muitos emigrantes de Leste com cursos superiores que fazem inicialmente trabalhos que não precisam tanta qualificação apenas porque encontraram o ALENTEJO DELES.
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

horses_s
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 207
Registado: sexta set 29, 2006 6:17 pm
Localização: Leça da Palmeira - Porto

#34 Mensagem por horses_s » terça out 24, 2006 9:50 pm

Pois bem,

eu não me importava nada de "prescindir" de muitos "confortos" que tenho e trocar a vida da cidade pela vida do campo, no interior alentejano.

E digo isto com conhecimento de causar, porque cada vez que tenho uns diasitos "de descanso" é isso mesmo que eu faço. Vou para a herdade de uns amigos no alentejo e trabalho como se fosse de lá :wink:

Quando se faz algo por gosto nem custa termos que nos levantar de madrugada e "trabalhar no duro". Quando chega a noite até dizemos: "Já é tão tarde, nem demos pelo passar das horas!" :wink: :wink: :wink:

Lamentavel é as pessoas deste paraíso nao darem o devido valor aquilo que têm !!! :shock:
Tudo é possível até se provar que é impossível e mesmo o impossível pode ser só por agora.

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#35 Mensagem por João dee Deus » terça out 24, 2006 11:22 pm

Suzana

O ser humano é um bicho esquisito :lol: :lol:

Como sabes, ou penso eu, estive em Lisboa até 93 donde só saía para ir à caça e "morder"o campo através desse cabeços Alentejanos que percorri atrás das perdizes.

Hoje depois de estar aqui sou surpreendido por comentarios iguais aos que eu fazia quando ia ao Alentejo.
Surpreendido porque sou alertado para coisas que já são banais para mim,ou mesmo que ainda não tinha reparado, pelas pessoas que aqui veem andar a cavalo.
Há uma certa sustimação pelas coisas que nos estão mais perto e por isso acessiveis facilmente.
Parece que quando se tem de andar kilometros se aguça o engenho e uma capacidade quase inocente de comentar as belezas do campo.

Não quero estabelecer incoerencia no que digo nem tão pouco a confusão na minha cabeça porque não trocava esta situação de viver no campo por nada e só vou a Lisboa "tirado a ferros".

saudações marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#36 Mensagem por AnaE » quarta out 25, 2006 12:29 am

Lamentavel é as pessoas deste paraíso nao darem o devido valor aquilo que têm !!!
Lamentável é não haver opção para as pessoas desenvolverem os seus projectos de vida no sitio onde nasceram ou escolheram para viver.

horses_s
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 207
Registado: sexta set 29, 2006 6:17 pm
Localização: Leça da Palmeira - Porto

#37 Mensagem por horses_s » quarta out 25, 2006 5:34 am

AnaE,

Não concordo inteiramente contigo.

A maioria das pessoas do interior têm tanta terra onde trabalhar e desenvolver, no entanto não querem. Preferem os empregos de cidade.

Quase nenhum jovem, quer trabalho do campo, ou qualquer outro trabalho onde suje as mãos. É muito mais fácil levar uma vida sedentária na cidade.
Para quê levantar da caminha às 6:00 da manha no campo se na cidade pode ser às 8:30 !?
Para quê o cansado de andar de um lado para o outro nas terras, se é mais fácil estar sentado numa cadeira em frente a um PC !?

E esta de uma alentejana que está a acabar o curso de veterinária em Lisboa: "Quero é ser veterinária na cidade para só ter que atender cães e gatos". Pois é, no campo tem que atender vacas e bois, cavalos e burros, ovelhas e porcos.......será que se está a esquecer que os citadinos agora têm tambem cobras e lagartos, aranhas e iguanas, macacos e papagaios......!?

A vida do campo é sem duvida mais dura que a da cidade, MAS MUITO MAIS SAUDAVEL !!!

Nem há necessidade de dispender dinheiro para ir praticar exercicio fisico dentro de 4 paredes onde está um grupo de pessoas todas transpiradas e suadas, num ar pesado e nauseabundo, dissimulado pelos ares condicionados, como é o dos ginásios.

Lamentável é as pessoas que vivem nesses locais saudáveis não aproveitarem para trabalhar no que lá há como opção, e desejarem "empregos" muito menos saudaveis.

"Á terra onde fores ter faz o que vires fazer"
:roll: :roll: :roll: :roll:
Tudo é possível até se provar que é impossível e mesmo o impossível pode ser só por agora.

luis pedro
Mestre de Equitação
Mensagens: 1146
Registado: domingo mar 19, 2006 8:16 am

#38 Mensagem por luis pedro » quarta out 25, 2006 5:55 am

Olá Suzana,
Se não for indiscrição, onde é que moras?

Luis Pedro

horses_s
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 207
Registado: sexta set 29, 2006 6:17 pm
Localização: Leça da Palmeira - Porto

#39 Mensagem por horses_s » quarta out 25, 2006 5:59 am

Ola Luis Pedro

Não é indiscrição, tá no meu perfil, em Leça da Palmeira a uns minutinhos do Porto.

:cry:
Tudo é possível até se provar que é impossível e mesmo o impossível pode ser só por agora.

AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#40 Mensagem por AnaE » quarta out 25, 2006 7:32 am

Olá Susana... concordo com tudo o que disseste.

Só há um pequeno senão... no alentejo a terra para dar rendimento tem que ter dimensão e isso condiciona o regime de propriedade... ou seja pouco têm acesso a uma propriedade com probabilidade de ser económicamente viavel... sendo que está estudado o que é preciso para ser económicamente viável nos vários tipos de culturas possíveis.

Isto é uma generalidade... também há, felizmente, micro-casos de sucesso... mas é uma minoria.

O que vai mantendo o médio/baixo alentejana é o emprego na coisa pública de cada terra... com serviços públicos a abarrotar de empregados desnecessários... os subsidios para a formação que íam/vão pingando da Europa... até há a célebre frase... "o próximo curso é para a mobilia da sala!"... e a pequena propriedade com culturas agro-pecuárias de subsistência e lazer que vão activando o pequeno negócio e dão uma grande ajuda no rendimento familiar... isto claro enquanto os pais e avós velhos forem ficando no campo a cavar a terra.

... e agora também á volta das "terras do grande lago" com os pequenos turismos que não qualificam nínguem, mas vão sendo uma oportunidade onde há poucas.

Eu não tenho pais ricos, não acertei no totoloto... só se for ao BES.... (passo a publicidade) :D

horses_s
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 207
Registado: sexta set 29, 2006 6:17 pm
Localização: Leça da Palmeira - Porto

#41 Mensagem por horses_s » quarta out 25, 2006 5:14 pm

Ola AnaE,

Sabes a terra no alentejo não é viável para os portugueses, só não entendo porque os holandeses, suiços, espanhois e outros estrangeiros a conseguem viabilizar.

Também é certo que o estado portugues a nós nunca nos ajuda, mas...

Os portugueses que vêm do estrangeiro e querem investir no alentejo estão, em alguns casos que conheço, há mais de 9 ANOS (o caso mais alarmante) à espera de uma licença para construção de uma "Zona Hoteleira na base de Turismo Rural".

Quando os estrangeiros chegam cá e em menos de 1/3 do tempo conseguem as licenças e executam as construções!!!

Vá-se lá saber porquê!!!!!!

:cry: :cry: :cry:
Tudo é possível até se provar que é impossível e mesmo o impossível pode ser só por agora.

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#42 Mensagem por João dee Deus » quarta out 25, 2006 6:27 pm

Quanto a mim....que cheguei agora......a questão está nos catalogos de vidas a jogar golfe e a aparecer nas revistas.

Para que isto for o almejado.....tá tudo dito.

Agora...há uma escala a observar como em todas as observações de vidas.

Donde....sai o golfe e as revistas.....e entra o jeep e as roupas de marca....sai isto..e entra um carro novo de 2 em 2 anos e uma vivenda....sai isto e entra um carrito normalucho e uma remodelação no mobiliário....enfim,estamos todos em algum sitio desta escala e sempre com um olhar invejoso para a frente.

São questões de formação e estereotipos aceites como bons.

Voltando ao Alentejo,e sem ser preciso uma vida de subsistencia,alguns estrangeiros vieram dar-nos alguma lições de como se opode viver lá com custos baixissimos.
Lindas e modernas ivendas terreas com aproveitamentos de água e energia electrica proprias,a sua horta donde retiram TUDO o que precisam,o porco a vaca,e alem disso tudo uma ocupação que a tempo parcial que até pode ir pela noite dentro,que hoje em dia até pela internet é possivel.

Isto não é uma formula mágica nem a inventei,nem servirá para todos,mas é um exemplo de quem foge ao dito e por muitos aproveitado "mercado de consumo".

Claro que é apenas uma conversa e haverá mil um argiumentos a contrariar esta postura de vida como por exemplo a educação dos filhos,sendo estes "desgraçados" mais uma vez usados como escudo para esconder outras questões de deficiencias adultas.

saudações marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

horses_s
Sela 07 (estribo de prata)
Mensagens: 207
Registado: sexta set 29, 2006 6:17 pm
Localização: Leça da Palmeira - Porto

Re: .

#43 Mensagem por horses_s » quarta out 25, 2006 7:26 pm

João dee Deus Escreveu:
Voltando ao Alentejo,e sem ser preciso uma vida de subsistencia,alguns estrangeiros vieram dar-nos alguma lições de como se opode viver lá com custos baixissimos.
Lindas e modernas ivendas terreas com aproveitamentos de água e energia electrica proprias,a sua horta donde retiram TUDO o que precisam,o porco a vaca,e alem disso tudo uma ocupação que a tempo parcial que até pode ir pela noite dentro,que hoje em dia até pela internet é possivel.

Isto não é uma formula mágica nem a inventei,nem servirá para todos,mas é um exemplo de quem foge ao dito e por muitos aproveitado "mercado de consumo".

Claro que é apenas uma conversa e haverá mil um argumentos a contrariar esta postura de vida como por exemplo a educação dos filhos,sendo estes "desgraçados" mais uma vez usados como escudo para esconder outras questões de deficiencias adultas.
Ora aqui está!

Não é esta uma forma de vida muito mais saudável!???

E quanto aos filhos...sem dúvida que as grandes cidades não lhes trazem nenhuns bons ensinamentos....

:roll: :roll: :roll:
Tudo é possível até se provar que é impossível e mesmo o impossível pode ser só por agora.

AnaE
Mestre de Equitação
Mensagens: 1051
Registado: terça jun 08, 2004 8:10 pm

#44 Mensagem por AnaE » quarta out 25, 2006 8:36 pm

Como disse anteirormente... cada um deve escolher onde viver de acordo com o seu projecto de vida. Qualquer sitio tem coisas boas, menos boas e más.

O Alentejo está lá... é só fazer as malas.

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

.

#45 Mensagem por João dee Deus » quarta out 25, 2006 9:01 pm

Fazer as malas e partir com uma atitude Marialva.

Hoje ninguem morre de fome em lado nenhum desde que queira e possa produzir algo.

Para mudar de vida...como dizia o Antonio Variações,é só estalar os dedos,e o Simon,era mais," 50 weys to live your lover".

E mais coisas foram ditas,escritas e cantadas, sempre fazendo lembrar as pessoas que tudo está nas nossas mãos desde que tenhamos peito para correr riscos..... À Marialva.

ssaudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Responder

Voltar para “Ensino”