5º Passeio a Cavalo em Arruda dos Vinhos

Fórum da modalidade

Moderador: Filipe Graciosa

Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

c

#16 Mensagem por João dee Deus » domingo nov 20, 2005 8:13 am

Companheiros

Quando disse ao Ruka para guardar as mãozinhas para mais tarde,foi uma resposta rápida como são todas as que faço aqui,mas como não sou maluco,(muito),ela teria de ter um fundamento no meu consciente.Foi só ir procurá-la.

Sintetisando:

Na minha idade e como já ando nisto dos Cavalos desde os 12,sentar-me atrás de duas parelhas de Cavalos não me assusta nem um bocadinho,mas saltar uma "armadilha de Elefante",que é um obstáculo do CCE,já me mete medo e não o faria.

O Ruka quando estiver mais dentro disto,saltará esse obstáculo na boa,mas como ainda não teve tempo de vida para ver muita coisa, terá receio de se sentar atrás das tais duas parelhas pelo impacto visual.

Por isso aconselhei primeiro usar a condição fisica e moral,e depois a experiência.Partindo presuposto de que dificilmente haverá condições financeiras para ter Cavalos para as duas especialidades.Quem realmente as tiver viverá noutro mundo,com as respectivas consequencias na apreciação social dos restantes ocupantes deste Planeta.

saudações Marialvas

Tenho a certeza que para muitos esta explicação não era necessária,mas para outros deve ter sido fundamental.
....
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Avatar do Utilizador
MC
Sela 01
Mensagens: 28
Registado: quarta nov 16, 2005 10:24 am
Localização: Lisboa

#17 Mensagem por MC » segunda nov 21, 2005 10:00 am

Bom dia a todos,
Pelos vistos parece que me enganei. Julgo que o Sr. João de Deus deveria ser um membro muito mais activo neste tópico de atrelagem (alguém que diz não ter problemas em conduzir 4 cavalos, sabe muito de atrelagem), como tal poderia tornar-se uma mais valia técnica.

Ficamos todos à espera dos seus ensinamentos, conselhos e opiniões.

Só para que conste, tenho 45 anos e vivo no meios de cavalos desde que nasci, logo compreendo que em certas idades poucas coisas nos assustem...pelo menos no "papel".

O que digo ao Ruka, é que se esforce para no verão ou numas férias que tenha fazer um estágio de atrelagem, veja se realmente gosta, aprenda, e muitas vezes aprende-se vendo fazer, parece bastante mais facil do que aquilo que é...a conduzir cavalos, não podemos contar com ajudas de pernas, temos uns metros de guias nas mãos e ainda um carro atrás dos cavalos, mas é de facto algo fabuloso.

cumprimentos,
MC
------
"Aos cavalos e às mulheres, é guardá-los de alugueres."

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

atrelagem

#18 Mensagem por João dee Deus » terça nov 22, 2005 10:54 am

Companheiros


Em toda a minha transparência neste forum,ainda não vos tinha contado da minha experiência na Atrelagem.
Melhor...já tinha,e ainda bem.Lembram-se de eu ter dito que o meu Pai tinha uma charrete puxada por um Cavalo,eu andava em cima do Cavalo numa cadeira/sela que ele me fês.?Contra a vontade da minha Mãe e da sociedade Micaelense,porque era "escandaloso".?
Sabendo ela,a minha Mãe,e talvês por isso, que na nossa família tinha havido um Boleeiro aqui em Lisboa.Para quem não sabe o Boleeiro era o condutor de charretes,os atecessores dos Táxistas,que por vezes com grandes bebedeiras "conduziam" os carros puxados por dois Cavalos ,no meio das vielas em Lisboa,sem tocar nas paredes porque o Cavalos faziam aquelas manobras sózinhos.
Pois bem,de certeza,embora não me lembre, que antes de andar na tal cadeira/sela, já eu a conduzia pelo menos nas rectas,e mesmo depois de já ir na cadeira,com as rédeas a passarem ali junto de mim,que de certeza lhe jogava as mãos e conduzia o carro.
Como depois fiz com os meus filhos mas a conduzir um automóvel.
No entanto,não posso dizer a ninguém que estou na atrelagem desde os meus 4 anos,como para mim é evidente.
Depois disso só me lembro de encher os meus cadernos da escola com desenhos de Cavalos e de charretes.
Já aqui na Covilhã,comprei um carro de duas rodas,atrelei um Cavalo que ainda aqui tenho,e até fui por mais de uma vês,com uns "alunos" meus,comprar uns gelados no Drive-in do Macdonald aqui na Covilhã.
Ou seja na fila,mo meio dos automóveis,andando aos poucos até chegar à janelinha dos pedidos.
Posteriormente,como também aqui disse,vendi esse carro para comprar um de 4 rodas,mas gastei o dinheiro e agora nem de 2 nem de 4.
Mas não tenho pressa,e quando já náo puder fazer um percurso de saltos de metro,vou comprar um carro de 4 rodas.
Afinal ainda só tenho 60 anos..!!!

saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Avatar do Utilizador
MC
Sela 01
Mensagens: 28
Registado: quarta nov 16, 2005 10:24 am
Localização: Lisboa

#19 Mensagem por MC » terça nov 22, 2005 11:38 am

Seria bastante interessante "contar" a experiência de preparar um cavalo para ser atrelado.

Fica a sugestão.

cumprimentos,
MC
------
"Aos cavalos e às mulheres, é guardá-los de alugueres."

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

atrelagem

#20 Mensagem por João dee Deus » terça nov 22, 2005 11:39 am

Sobre a atrelagem moderna,que só foi possível transformar em desporto devido à tecnologia aplicada,o engenho Humano encarregou-se de arranjar maneira de a tornar competitiva e passiva de aprendizagem específica,seguida da respectiva prática.

Como tal é recente,como é recente a dedicação dos aficionados.

Saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Avatar do Utilizador
MC
Sela 01
Mensagens: 28
Registado: quarta nov 16, 2005 10:24 am
Localização: Lisboa

#21 Mensagem por MC » terça nov 22, 2005 11:55 am

Portugal tem uma longa tradição na atrelagem. Como todos sabem até ao inicio do seculo XX o principal meio de transporte foram as atrelagens.

A coudelaria de Alter ainda recolhe diáriamente o correio em Alter do Chão com uma atrelagem de correio, isto a titulo de exemplo.

Como em todas as vertentes equestres há modas umas ficam e as outras desaparecem.

Eu ainda tenho duas charretes que pertenceram ao meu bisavô, e tirando os travões de disco (que não têm) são em tudo semelhantes às actuais.

As galeras que os boleeiros conduziam nada têm a ver com isto, e como diz e muito bem o Sr. João de Deus, eram principalmente os cavalos a fazer o trabalho, naquele tempo não se atrelavam Hanoverianos, nem lusitanos.

Será que me pode explicar porque é que a atrelagem moderna como lhe chama só foi possivel transformar em desporto, devido à tecnologia aplicada?

Reitero no entanto o pedido de deixar aqui uma explicação breve da sua experiência a atrelar um cavalo pela primeira vez...desde o pneu até aos finalmentes.

cumprimentos,
MC
------
"Aos cavalos e às mulheres, é guardá-los de alugueres."

Jota
Iniciado
Mensagens: 10
Registado: segunda jun 21, 2004 1:02 pm

#22 Mensagem por Jota » sábado abr 22, 2006 11:16 pm

concordo que gostaria de ver esta pergunta respondida..

cumprimentos

Avatar do Utilizador
João dee Deus
Mestre de Equitação
Mensagens: 2845
Registado: quarta fev 16, 2005 12:49 am
Localização: Covilhã./.AÇORES

atrelagem

#23 Mensagem por João dee Deus » terça abr 25, 2006 4:40 am

Jota


Essa pergunta foi resopondida por mim na secção Marialvas -Escola de Equitação Virtual.

Acerca da tecnologia que permitiu a competiçaõ da atrelagem,tambem se verificou com as BTT.Assim talvês se peceba melhor.

saudações Marialvas
Continuo neste Fórum, agora com a intenção de ver se aprendo alguma coisa, mas com o teclado avariado... LOL...

Responder

Voltar para “Atrelagem”